Ferrovia entre SP e MS avança e Governo prepara concessão

Brado investirá R$ 1,2 bi no transporte de contêineres por ferrovia
Randon desenvolve dois vagões para cliente MRS Logística
Santos Brasil bate recorde de movimentação em ferrovias

ferrovia-norte-sul-dentro

O Ministério dos Transportes aprovou os estudos técnicos para a concessão do trecho ferroviário de Estrela D’Oeste (SP) – Dourados (MS) realizados pelas empresas J&F Investimentos e Concremat Engenharia e Tecnologia. A informação consta de despacho do ministro Antonio Carlos Rodrigues publicado no Diário Oficial da União (DOU). Com isso, os estudos tornam-se vinculados à concessão e considerados como de utilidade para a licitação.

+ Mato Grosso do Sul vai recuperar cinco rodovias que cortam o Estado

O despacho ainda fixa em R$ 9,898 milhões o valor nominal máximo para ressarcimento às empresas pelos trabalhos. “No caso de eventual ressarcimento à empresa interessada, o valor aprovado será reajustado para a data do efetivo pagamento proporcionalmente à variação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) entre fevereiro de 2014 e dois meses antes da data do efetivo pagamento”, cita o documento.

A aprovação dos estudos fica vinculada à prestação do apoio técnico pelas empresas à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) em atividades relacionadas ao processo de licitação, como elaboração de minutas do edital e contrato de concessão, além do plano de outorga.

+ Saiba tudo do mundo do transporte e da logística. Curta nossa página no Facebook!

COMMENTS