Terminal Frigorífico de Navegantes recebe primeira carga de congelados

Cerca de 280 toneladas de coxa e sobre-coxa de frango, o que representa 10 carretas, da empresa Seara/Cargill, unidade produtora de Sidrolândia, Mato Grosso do Sul, foram recebidas no terminal e têm como destino final o Japão

Lucro de Scania e Volvo deve cair entre 60% e 80%
SP foi o principal município exportador em 2008
Combustível doméstico sobe 662% desde 1994

O Iceport S.A. – Terminal Frigorífico de Navegantes, empreendimento anexo à Portonave S.A. – Terminais Portuários de Navegantes, entrou em operação na última segunda-feira (26), com a chegada da primeira carga. Cerca de 280 toneladas de coxa e sobre-coxa de frango, o que representa 10 carretas, da empresa Seara/Cargill, unidade produtora de Sidrolândia, Mato Grosso do Sul, foram recebidas no terminal e têm como destino final o Japão. O Iceport possui área de 50 mil m² e capacidade de armazenamento de 16 mil posições de pallets. Cerca de R$ 50 milhões foram investidos no Iceport, que tem como principal vantagem a localização: está ao lado do Porto de Navegantes e próxima dos principais mercados produtores de frigorificados do País.

De acordo com o diretor-superintendente administrativo da Portonave/Iceport, a capacidade anual plena de movimentação de frigorificados será de 900 mil toneladas/ano. “Nossa intenção é fazer a logística integrada da carga entre a câmara e o porto. Um dos diferenciais do Iceport é que o cliente pode trazer a mercadoria solta e nós realizamos a estocagem, o manuseio e o até agendamento do navio para o embarque da carga”, afirma Castilho.

Com uma temperatura média de -25ºC, o terminal frigorífico é dividido em antecâmara, câmara convencional e câmara automatizada. Na ante-câmara é feito o recebimento e despacho da carga, bem como a separação das peças dos produtos congelados, conforme a orientação do cliente. A câmara convencional armazena aproximadamente 1,5 mil posições pallets em quatro níveis de altura. E a automatizada comporta cerca de 14 mil pallets em seis corredores com 11 andares cada, que movimentam as cargas de forma automática, por meio de transelevadores. Além dessas duas câmaras, o Iceport conta com três túneis para resfriamento de carga, com uma temperatura média de -35ºC. “O terminal possui grande capacidade de armazenagem de aves, suínos e bovinos e atenderá uma parte da demanda de produtos congelados do País”, diz Castilho.

Integração

O Iceport atua também como uma trading company e oferece soluções completas que integram gestão e logística, nacional e internacional, como transporte rodoviário, liberação aduaneira e fretamento marítimo.
Para atender essa nova demanda de trabalho, cerca de 70 colaboradores já foram contratados. Quando a câmara estiver em pleno funcionamento, serão aproximadamente 250 funcionários.

Tecnologia

A Iceport possui seis transelevadores, equipamentos automatizados que realizam a movimentação de cargas na câmara. Robôs de alto desempenho manipulam até 360 pallets por hora e preservam os colaboradores da exposição a baixas temperaturas. Os transelevadores e a estrutura metalizada pelos quais eles movimentam as cargas custaram cerca de R$15 milhões e vieram da Espanha.

Toda carga que entra na Iceport terá suas informações armazenadas no software Warehouse Management System – WMS – (Sistema de Gerenciamento de Armazém) por meio de um código de barra. Informações como tipo do produto, prazo de validade, procedência e destino estarão disponíveis para controle da Iceport e dos clientes. Assim que receber a carga, o sistema gerará o endereço que ele deve ser armazenado dentro da câmara e lá a carga ficará até que o cliente deseje movimentá-la, o que pode ser feito pelo portal www.iceport.com.br.

Iceport em números

%u25CF Área total de 50 mil m²
%u25CF Capacidade de 16 mil posições pallets – (estrado de madeira, metal ou plástico que é utilizado para movimentação de cargas com tamanho padrão de 1,00X1,20 m).
%u25CF Capacidade de movimentação de entrada e saída de 320 pallets/hora
%u25CF 6 transelevadores com capacidade de 360 pallets/ hora
%u25CF Antecâmaras com 13 docas para carga e descarga
%u25CF 1 câmara frigorífica convencional para 1.530 posições/ pallets
%u25CF 1 câmara frigorífica autoportante para 14.256 posições / pallets
%u25CF 3 túneis de congelamento com 36 posições/pallets cada
%u25CF 20 tomadas para contêineres
%u25CF Capacidade estática de armazenagem de 18 mil toneladas

Link para a matéria

COMMENTS