Aumento do plantio de soja deve puxar crescimento da safra 2009/2010

O volume é 5,47 milhões de toneladas superior ao colhido em 2008/2009

Projeto obriga empresas de pedágio a indenizar vítimas de acidente
Supremo prorroga por mais 180 dias prazo para analisar mérito de ação sobre Cofins
Pontes terão sistema de iluminação

O terceiro levantamento da safra de grãos 2009/2010, divulgado hoje (8) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), mostra que o aumento do plantio de soja no país deve ser a principal alavanca para o crescimento, estimado em 4% em relação ao ciclo anterior, atingindo 140,6 milhões de toneladas. O volume é 5,47 milhões de toneladas superior ao colhido em 2008/2009.

Segundo a Conab, a opção de muitos produtores pela soja, substituindo o plantio de milho, pode ser explicado pelo menor custo de produção e maior resistência do grão à estiagem. Se a área plantada se mantiver e houver condições climáticas favoráveis nas regiões onde o plantio é maior, a colheita da oleaginosa pode ultrapassar em 12,9% à da safra passada, de 57,16 milhões de toneladas, atingindo 64,56 milhões de toneladas, um número recorde.

O levantamento também mostra que a colheita de feijão deve crescer, apesar da redução no plantio, apresentando na primeira safra – de três ao longo do ano – aumento de 10,6% no volume, alcançando 1,49 milhão de toneladas. De acordo com a estatal, a variação se deve à recuperação da produtividade, afetada pela estiagem no último ciclo, principalmente no Paraná.

Em compensação, a pesquisa da Conab mostra que a produção de todas as outras culturas de  verão poderá ter queda. A estimativa para o milho é de uma redução de 4,9%, ou 1,64 milhão de toneladas; para o arroz, de 4,7%, ou 586,3 mil toneladas, e para o algodão, de 1,3%, ou 24,7 mil toneladas.

A área total plantada com grãos no país deve chegar a 48 milhões de hectares, o que representa aumento de 0,7%, ou 324,1 mil hectares a mais do que na safra 2008/2009. Apenas a soja, com expansão de 6% terá mais área plantada, ocupando 23,05 milhões de hectares.

A pesquisa foi feita entre os dias 16 e 20 de novembro por cerca de 50 técnicos da Conab. Foram entrevistados representantes de cooperativas,  secretarias estaduais de Agricultura, órgãos de assistência técnica e extensão rural, agentes financeiros e revendedores de insumos. O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, dará entrevista às 10h para comentar os dados do terceiro levantamento da safra de grãos 2009/2010.

Veja matéria original

COMMENTS