GM e Honda firmam acordo para produzir célula de combustível

Atividades de produção da Fuel Cell System Manufacturing LLC deverão começar em 2020, nos EUA

Daimler Truck AG apresenta sistema de abastecimento de hidrogênio líquido para caminhões
Daimler e Volvo juntas para o transporte do futuro
Grupo Daimler se capacita para a era da célula de combustível

honda-e-gm-celulas-de-combustivel

A General Motors e a Honda inovaram ao anunciarem na segunda-feira (30/1) a criação da primeira joint venture entre as duas montadoras para a produção de célula de combustível a hidrogênio.

Com isso, nasce a empresa denominada Fuel Cell System Manufacturing LLC, situada dentro do complexo industrial da GM em Brownstown, no Michigan (EUA). As atividades de produção deverão começar em 2020.

Haverá um conselho de administração com três executivos de cada empresa que incluirá um presidente em sistema rotativo. O anúncio faz parte de um acordo firmado em 2013 que estabeleceu o co-desenvolvimento para um sistema de célula de combustível com tecnologias de armazenamento de hidrogênio. “Nos últimos três anos, engenheiros da Honda e da GM têm trabalhado como uma equipe, com cada empresa fornecendo know-how a partir de sua experiência única para criar a próxima geração de um sistema de células de combustível compacto e de baixo custo”, disse, diretor de operações e presidente da Honda para a América do Norte, Toshiaki Mikoshiba.

As empresas estão investindo o total de US$ 85 milhões na parceria. A nova unidade deve gerar cerca de cem novos postos de trabalho.

COMMENTS