Proposta do fim do pedágio da Terceira Ponte (ES) é arquivada

Proposta do fim do pedágio da Terceira Ponte (ES) é arquivada

Motorista continuará pagando para trafegar na principal ligação entre as cidades de Vitória e Vila Velha; Decreto Legislativo foi considerado inconstitucional

Uma torre de caminhões Volvo na Europa
Trafti conquista cargas da Bombril e comemora bom momento
DAF credencia toda linha do XF105 no Finame PSI

pedagio-terceira-ponte-esPor 16 votos a favor, 11 contra e uma abstenção, os deputados estaduais do Espírito Santo arquivaram o projeto que propunha o fim da cobrança de pedágio na Terceira Ponte, principal ligação entre as cidades de Vitória e Vila Velha.

Segundo a Comissão de Constituição e Justiça da Casa, o Decreto Legislativo 69/2013 foi considerado inconstitucional.

Houve protestos durante a votação. Fora da Assembleia, manifestantes reclamaram que foram impedidos de entrar para acompanhar a sessão e tentaram derrubar as portas de acesso à Casa. A tropa de choque usou bombas de efeito moral, gás lacrimogêneo e balas de borracha para dispersar os manifestantes. Três pessoas foram presas e cerca de 20 ônibus foram danificados.

A tarifa diminuiu de R$ 1,90 para R$ 0,80 no final de semana, porém os manifestantes alegam que o investimento para fazer a ponte já foi pago e não deve haver cobrança. O governo do Estado anunciou que realizará uma auditoria para avaliar se a cobrança é justa.

COMMENTS