Prefeitura desiste de aumentar restrições aos VUCs em SP

De acordo com o Decreto 49.636, a partir de 1º de novembro os Veículos Urbanos de Carga estariam proibidos de rodar no Centro Expandido de São Paulo entre 5h e 21h. Prefeito alegou que se houvesse melhora no trânsito medida não entraria em vigor e decidiu por manter as regras como estão por mais seis meses

Cargolift adquire 58 porta-contêineres e amplia capacidade de transporte em 45%
Petrobras lucrou R$ 23,5 bilhões em 2013
Embraer entrega 33 aeronaves nos primeiros três meses de 2017

A restrição aos Veículos Urbanos de Carga (VUCs – veículos com até 6,30 metros entre pára-choques), que de acordo com o decreto 49.636 entraria em vigor a partir do dia 1º de novembro, não vai mais acontecer. Segundo o próprio prefeito reeleito da Capital paulista, Gilberto Kassab, em declarações de meses atrás, a nova restrição não entraria em vigor se a Secretaria Municipal dos Transportes detectasse melhora no trânsito com as restrições já em vigor, fato que se confirmou.

Desse modo, a Secretaria Municipal dos Transportes (SMT) decidiu estender o prazo de vigência das regras atuais para mais seis meses.

De acordo com os empresários dos transportes em São Paulo, representados pelo SETCESP (Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região), a não confirmação da nova restrição aos VUCs é um alívio para todas as empresas, já que a nova restrição atrapalharia demais as operações das transportadoras.

COMMENTS