ZF vai lançar freio tecnológico de carreta no Brasil ainda este ano

ZF vai lançar freio tecnológico de carreta no Brasil ainda este ano

Com a aquisição da WABCO, empresa global amplia seu portfólio de produtos para veículos comerciais pesados e prepara novidades para o Brasil

Viação Cometa vai testar ônibus a gás da Scania
Volume de fretes cresce na pandemia
VW Meteor já emplacou cinco mil unidades em menos de dois anos

Um dos maiores problemas de segurança no transporte rodoviário de cargas brasileiro é a falta de estabilidade e o tombamento de carretas. Não é raro ler notícias sobre caminhões que perdem sua estabilidade e acabam tombando, fazendo vítimas e gerando grandes prejuízos para as empresas e para a sociedade.

De olho na segurança das operações, a ZF está com um pacote de novidades tecnológicas para o mercado brasileiro, após a aquisição da WABCO, aumentando muito seu portfólio de produtos para caminhões e ônibus.

Você vai conferir todas as novidades aqui no Transporta Brasil e a primeira delas é o novo sistema iEBS, uma plataforma eletrônica para o controle e gerenciamento de frenagem para semirreboques que chega ao Brasil no último trimestre de 2022. O iEBS é parecido com os sistemas de gerenciamento eletrônico de freios para caminhões e ônibus EBS.

Silvio Furtado, diretor de Soluções para Veículos Comerciais e Tecnologia Industrial na ZF América do Sul

“A nova solução é a evolução do EBS (Electronic Braking System – Sistema de Frenagem Eletrônico) e já é largamente utilizada nos caminhões mais modernos da Europa. Além de sua função primordial de controlar seguramente a estabilidade do conjunto, o frotista pode contar com informações em tempo real de tudo o que acontece com a carreta. É possível, entre outras dezenas de funcionalidades, checar temperatura e pressão dos pneus, obter remotamente a localização exata do equipamento, além de otimizar o acondicionamento da carga, monitorando o peso em cada eixo”, explica Silvio Furtado, Diretor de Soluções para Veículos Comerciais e Tecnologia Industrial na ZF América do Sul.

De acordo com a ZF, o novo sistema poderá ser instalado em implementos já em uso, por meio de retrofit. A fabricante informou que os cabos são idênticos para EBS e iEBS, o que traz flexibilidade para as linhas de produção dos fabricantes de implementos. O sistema foi desenvolvido pela equipe global da ZF e a engenharia brasileira realizou testes e diversos ensaios para que ele possa ser utilizado nas condições das estradas do nosso país.

Na prática, o sistema atua preventivamente contra incidentes, assegurando a estabilidade do conjunto e promovendo correções de frenagem instantâneas em cada roda e, por meio de inteligência embarcada. Ele também registra cada problema e permite a entrega de relatórios completos aos frotistas e revelam até mesmo a capacidade de carga ociosa de determinada linha. Serão três versões para o mercado brasileiro: a Básica, a Standart e a Premium. A mais completa terá cerca de 40 funções que contribuem para otimizar a gestão das frotas.

Carretas conectadas

Com o novo sistema, a ZF passa a oferecer uma plataforma eletrônica de telemetria para as carretas, o que já acontece com os cavalos mecânicos. A função Trailer Pulse é um sistema aberto, pronto para ser utilizado em todo o Brasil e região América do Sul e permite o monitoramento das carretas de forma remota e o gerenciamento das frotas de forma completa, não somente com os dados dos caminhões.

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

Clique aqui para assistir a vídeos sobre transporte todos os dias na TV Transporta Brasil

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS