150 mil vezes VW Delivery

150 mil vezes VW Delivery

Família de caminhões leves da Volkswagen Caminhões e Ônibus chega à marca história com fôlego para oferecer ainda mais ao mercado brasileiro e da América Latina

Volvo tem novo diretor comercial de ônibus no Brasil
Comasa é novo distribuidor da FPT Industrial no Uruguai
Crédito para caminhões novos e usados cresce

A Volkswagen Caminhões e Ônibus acaba de bater a marca de 150 mil caminhões da família Delivery vendidas na História. Lançada em 2005 e completamente renovada em 2017, a linha de caminhões leves trouxe diversas novidades para o mercado, sempre seguindo as necessidades dos transportadores do segmento de 3,5 até 13 toneladas.

Já faz 15 anos que a fabricante fez o lançamento dos primeiros modelos Delivery e, desde então, foram 107 mil unidades vendidas da primeira versão e 43 mil unidades dos novos Delivery vendidas até 2021. Em sua maioria, os caminhões foram fabricados na unidade da VWCO em Resende (RJ), mas também há veículos que foram produzidos na fábrica de Querétaro, no México.

Variedade de modelos

Atualmente, a família Delivery conta com oito modelos, cobrindo a gama de 3,5 a 13 toneladas de Peso Bruto Total: Delivery Express, 4.160, 6.160, 9.170, 11.180 e 13.180, 11.180 4×4 e Delivery Express+, que traz como diferencial um pacote adicional de segurança. A linha também inclui versões com transmissão automatizada V-Tronic, os modelos de 9 e 11 toneladas,

Além disso, a linha conta com uma versão totalmente elétrica, que está prestes a entrar em produção em série, o e-Delivery, que ostenta o título de primeiro caminhão elétrico 100% desenvolvido e fabricado no Brasil.

“Para a nova geração, investimos mais de R$ 1 bilhão e nos inspiramos na receita de sucesso das mais de 100 mil unidades vendidas com a primeira versão. Foi ouvindo o cliente que a Volkswagen Caminhões e Ônibus estreou essa gama de produtos sob medida para os dias de hoje e o resultado se vê nos números de vendas: os caminhões Delivery lideram em grande parte dos segmentos em que atuam e hoje são a referência do segmento para motoristas e empresários”, pontua Ricardo Alouche, vice-presidente de Vendas, Marketing e Pós-Vendas da VWCO.

Campeões de vendas

Delivery 8.160: o campeão de vendas da família

Segundo os dados da Fenabrave, a federação que representa os distribuidores de veículos do Brasil, em número de emplacamentos, os modelos Delivery 11.180 e Delivery Express figuram na lista dos dez caminhões mais vendidos do Brasil. Historicamente, o modelo campeão de vendas entre os Delivery é o 8.160, da versão antiga, que conta com mais de 25 mil unidades emplacadas.

“A família Delivery nasceu com as características que a gente mais prima nos caminhões, que são a versatilidade, a robustez e a durabilidade. Quando criamos a nova família Delivery e lançamos em 2017, já éramos líderes de vendas em vários segmentos com a versão anterior dos caminhões Delivery. Estávamos mexendo em um time que já estava ganhando, então, o saldo de qualidade, de design e de engenharia precisavam ser grandes. E os números de hoje mostram o sucesso do projeto, pois vários modelos da nova família Delivery estão entre os mais vendidos atualmente”, diz Paulo Razori Jr., engenheiro de Marketing de Produto da Volkswagen Caminhões e Ônibus, em entrevista ao Transporta Brasil.

Futuro

Para vender os próximos 150 mil caminhões da família Delivery, a Volkswagen mantém uma rotina de lançamentos de novas versões, de melhorias e de seguimento das megatendências do mercado. Perguntamos ao Razori quais seriam os próximos passos para esta família de caminhão: “O próximo passo da família Delivery é a eletrificação. Temos o projeto do e-Delivery, o primeiro caminhão elétrico do Brasil, mas teremos outros modelos e outras melhorias que o mercado pede. Agora, com a questão da pandemia, o e-commerce explodiu e existe uma enorme demanda pelas entregas urbanas. Por isso, vemos um enorme potencial nos caminhões que têm as dimensões do VUC (Veículo Urbano de Carga) para rodar nas grandes cidades. Temos os pequenos negócios ganhando evidência em todo o país, o que nos abre uma demanda grande para nossa linha Delivery Express, de caminhões de 3,5 toneladas que podem ser dirigidos pelos motoristas com habilitação Categoria B. Cada vez mais a noção de caminhão com características de automóvel ganha destaque ta
mbém. Por fim, no horizonte, ainda temos espaço para o crescimento da linha V-Tronic, que são os caminhões leves com câmbio automatizado, uma megatendência que está norteando este mercado”, conclui Razori.

E o elétrico, vem quando?

A Volkswagen Caminhões e Ônibus faz mistério, mas já admite que vai lançar a versão elétrica do Delivery ainda este ano. Enquanto isso, está trabalhando no treinamento de suas equipes e na adequação de sua fábrica em Resende (RJ) para produzir os elétricos em série. A fabricante já anunciou que este será seu próximo passo, mas não dá muitos detalhes.

Para nós, resta aguardar as cenas dos próximos capítulos. Claro, sintonizados aqui, no Transporta Brasil.

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS