Consórcio Magalu permite a compra de caminhão com até 20 anos de uso

Consórcio Magalu permite a compra de caminhão com até 20 anos de uso

Opção pode ajudar caminhoneiros autônomos a comprar um caminhão mais novo. Planos do Magazine Luiza vão até 150 meses e permitem cartas de crédito com valor até R$ 350.000,00

Manutenção do eixo cardan está relacionada ao tipo de uso do veículo
RTE Rodonaves assume concessionárias Iveco de Campinas e Caçapava, em São Paulo
Venda de veículos no Brasil cresce 8% em setembro

O Magazine Luiza, tradicional gigante do varejo, agora batizado de Magalu, está com uma forte estratégia de reinvenção de seus negócios, principalmente depois da crise do vírus. A empresa lançou planos de consórcio e quer os caminhoneiros como seus clientes.

O Consórcio Magalu oferece carta de crédito de até R$ 350.000,00 com prazos de até 150 meses para o planejamento da compra do caminhão. Segundo Hélio Deperon, representante Comercial do Consórcio Magalu na Região de Assis (SP), os grandes atrativos dos planos da empresa são o prazo, a confiabilidade da marca e o grande diferencial das regras de compra do caminhão.

“Queremos ser uma ferramenta para ajudar o caminhoneiro e o transportador brasileiro a comprar um caminhão mais novo, a ir gradualmente renovando sua frota. Por isso temos um grande diferencial. Somos o ÚNICO consórcio de caminhões do Brasil quer permite a compra de um veículo com até 20 anos de uso. Isso vai ajudar o comprador a planejar sua renovação de frota e democratizar o acesso a um caminhão mais novo”, explica Deperon em entrevista exclusiva ao Portal Transporta Brasil

Contemplações

Segundo o representante do Consórcio Magalu, o sistema funciona com a carta de crédito, que pode ser contemplada por sorteios ou lances. “Com a carta de crédito contemplada em mãos, o cliente pode comprar o caminhão à vista, o que aumenta seu poder de barganha na negociação. Além disso, ele pode dar seu caminhão usado como lance ou mesmo utilizar até 25% da carta de crédito para usar como lance embutido”, diz Hélio. Os lances são livres e o sorteio acontece por meio dos números da Loteria Federal, ao final de todo mês.

De acordo com o Consórcio Magalu, a taxa de administração pode variar de 14% a 16%, dependendo do plano escolhido. Além disso, o consórcio tem fundo de reserva de 1%. “Isso acontece porque o custo das negociações pode ir para a taxa de administração, uma vez que oferecemos planos lineares, com mensalidade reduzida ou com meia parcela. Tudo para dar uma força para o caminhoneiro ou transportador nesses tempos difíceis”, conclui Deperon. O Consórcio Magalu permite a compra, além de caminhões, de tratores, implementos rodoviários e agrícolas, empilhadeiras e outros equipamentos. Consulte as regras e, para saber mais, clique no link abaixo e entre em contato com o representante comercial:

https://materiais.consorciomagalu.com.br/linkorigem?utm_source=gn_heliocesar%40consorcioluiza.com.br&utm_medium=referral&utm_campaign=linkorigem&utm_content=referral

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS