Porto Chibatão (AM) registra alta de 7% no volume de exportações no 2º trimestre de 2015

Complexo portuário realizou 774 movimentações para fora do País entre abril e junho

Amazônia discute viabilidade da rodovia Manaus-Porto Velho
ANTAQ divulga estudo sobre transporte fluvial de passageiros da região amazônica
Infraero inicia obras de modernização das pontes de embarque do aeroporto de Manaus (AM)

frota-chibatao

O principal terminal portuário do Amazonas, o Chibatão, apresentou um aumento de 7% no volume de exportações no segundo trimestre de 2015 se comparado com os três primeiros meses deste ano.

No acumulado de abril a junho deste ano, o terminal realizou 774 movimentações de exportação. Já no primeiro trimestre, o número chegou a 720, garantindo o aumento na movimentação do modal no Amazonas.

O embarque de cabotagem apresentou leve melhora no desempenho. Enquanto no primeiro trimestre foram efetuadas 16,8 mil movimentações de cargas, o segundo registrou 16,9 mil.

“Com todos os investimentos realizados em nosso terminal portuário, houve aumento da capacidade marítima, o que permite receber navios de maior porte e ter mais agilidade no recebimento e liberação de cargas. Assim, melhorando o desempenho para o cliente, o grupo tem se esforçado para manter as movimentações ativas durante a crise”, disse o diretor-executivo geral do Grupo Chibatão, Jhony Fidelis.

As exportações saídas de Manaus têm países da Ásia e América latina como principais destinos. Já na cabotagem, atualmente 55% dela é de mercadorias que entram em Manaus e o 45% restantes são mercadorias enviadas para dentro do território brasileiro.

COMMENTS