Demanda doméstica do transporte aéreo cresce 4,5% no acumulado do ano

Demanda doméstica do transporte aéreo cresce 4,5% no acumulado do ano

Entre janeiro e julho, foram transportados 56,3 milhões de passageiros, o que representa alta de 4,5%

Aviação doméstica brasileira transportou cerca de seis milhões de passageiros em fevereiro
Empresas aéreas do Brasil poderão amargar prejuízo anual de R$ 2,5 bi com medidas de ajuste fiscal
Número de passageiros transportados cresce 12,5% na aviação brasileira em janeiro

aeroporto-goiania-GO

A Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas) divulgou um levantamento nesta semana que aponta crescimento de 8,3% na demanda doméstica referente ao mês de julho, em comparação com o mesmo mês do ano passado. Já no acumulado do ano, a demanda registrou alta de 4,5%.

Pesquisa reúne os dados das principais companhias aéreas brasileiras (TAM, Gol, Azul e Avianca).

A oferta apresentou expansão no mês passado, de 6,1% em relação ao mesmo período de 2014. Com isso, a taxa de ocupação teve alta de 1,7%, para 83,4%. Nos sete primeiros meses do ano, a capacidade teve expansão de 3,4%, levando a taxa de ocupação a avançar 0,9%, para 80,55%.

No total, as empresas aéreas brasileiras embarcaram em julho 9,2 milhões de passageiros, o que corresponde a um aumento de 11,5% ante mesmo mês do ano anterior. No ano, o volume transportado alcança 56,3 milhões de passageiros, alta de 4,5%.

Sobre participação de mercado, a TAM lidera em julho, com 37,66%, superando a Gol, com 36,97%. Em seguida vem a Azul, com 16,79%, e Avianca, com 8,58%.

Já no mercado internacional, a demanda subiu 22,1% em julho em relação ao mesmo mês do ano passado. No ano, a demanda cresceu 14,5%. A taxa de ocupação teve retração de 0,6 ponto porcentual, para 80,9%. O total de passageiros transportados somou 4,2 milhões, o que significa um aumento de 16,4% sobre os primeiros sete meses de 2014.

COMMENTS