APM Terminals investe R$ 54,5 milhões em equipamentos para operações no Porto do Pecém (CE)

Guindastes para contêineres atenderão principalmente a CSP (Companhia Siderúrgica do Pecém)

Porto de Santos (SP) soma 9,2 milhões de toneladas movimentadas em setembro
Santos Brasil soma 238.384 contêineres movimentados no 1º trimestre de 2011
Lufthansa Cargo otimiza transporte com contêineres de compósitos leves

porto-pecem-berco

A operadora holandesa APM Terminals investirá R$ 54,5 milhões até o fim deste ano em guindastes para contêineres e outros equipamentos para atender demandas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CE).

O maquinário atenderá principalmente a CSP (Companhia Siderúrgica do Pecém). O investimento faz parte de um montante estimado em US$ 4 bilhões aplicados no País.

“A capacidade total é de 212 mil TEUs/ano e vai aumentar para 480 mil TEUs/ano”, explicou o diretor de Desenvolvimento de Novos Negócios Brasil da APM Terminals, Bart Wiersum. Os equipamentos devem chegar no final deste ano e começam a funcionar no segundo trimestre de 2015, conforme prospecta o executivo.

A empresa ainda atua em mais dois portos marítimos no Brasil, em Santos (SP) e em Itajaí (SC). Além de operar em mais cinco áreas retroportuárias, onde são depositadas mercadorias importadas ou para exportação.

Para os próximos dez anos, a companhia pretende investir cerca de US$ 2 bilhões a até US$ 4 bilhões no Brasil, porém, Bart não revelou quanto deste montante será investido no Ceará ou Nordeste.

COMMENTS