DHL dá suporte a corrida mundial de embarcações

Prova passa pelo Brasil em abril de 2012

Penúltima etapa da 24ª Gincana do Caminhoneiro será no norte mineiro
Scania abre inscrições da competição Melhor Motorista de Caminhão do Brasil 2014
Scuderia Iveco abre a temporada 2012 da Fórmula Truck com vitória

A DHL, empresa de logística presente em mais de 220 países, é parceira da principal corrida mundial de embarcações, a 11ª Volvo Ocean Race. São 152 contêineres transportados com equipamento de ponta para as tripulações e de pavilhões para visitantes às dez Vilas da Corrida, em uma rota de 72 mil quilômetros de extensão, bem como o suprimento imediato de peças de reposição em caso de emergência.

A única etapa brasileira da prova será realizada em abril de 2012, e a cidade de Itajaí (SC) foi a escolhida. Os competidores devem começar a chegar por volta de 4 de abril, provenientes de Auckland e a saída para Miami está prevista para 22 de abril.

“Nossos procedimentos são monitorados a partir de um centro de controle internacional,  especialmente estabelecido para o evento. Garantimos que nenhum percalço comprometa a corrida, fornecendo aos organizadores, equipes e parceiros nossa linha completa de serviços de logística. A partir do ponto inicial em Alicante, Espanha, até o final, em Galway, Irlanda (de 29 de outubro de 2011 a 8 de julho de 2012), a DHL fica responsável pelo transporte aéreo, marítimo e terrestre de equipamentos de alto valor”, afirmou Reinier Vens, Diretor de Projeto da DHL para a Volvo Ocean Race.

Para cada equipe a DHL transporta dois conjuntos idênticos de contêineres marítimos de 40 pés, com um volume de 67 metros cúbicos, incluindo ferramentas, kits de coletes salva-vidas e conjuntos de correias de elevação de bote, seguindo o princípio de envio alternado. Enquanto as equipes usam o conteúdo do contêiner A na primeira etapa, a empresa já envia o contêiner B para a próxima escala.

Além dos contêineres marítimos, a DHL transporta outros 20 por equipe por via aérea. Para cobrir as emergências, um armazém de peças de reposição foi estabelecido no aeroporto de Amsterdã, na Holanda, permitindo à DHL mover, rapidamente, mercadorias de grande porte, como mastros de até 33 m de altura, para qualquer destino ao redor do mundo.

COMMENTS