Total Express investe R$ 8,8 milhões em sistema de automação de encomendas

Empresa de entregas de pequenas e médias encomendas quer aumentar capacidade de 5 mil para 18 mil pacotes processados por hora

HTS Brasil conclui sistema de automação OCR no Libra Terminais
Santos Brasil automatiza centros logísticos industriais aduaneiros
Grupo Libra investe na automatização dos terminais portuários de Santos (SP) e Rio de Janeiro

A Total Express, uma das maiores empresas do mercado de entregas de pequenas e médias encomendas, anunciou o investimento de R$ 8,8 milhões para o aumento de sua capacidade de processamento de pacotes, de 5 mil por dia para 18 mil.

A companhia, recentemente adquirida pela DGB, holding de logística do Grupo Abril, implementou em suas operações o equipamento Crossbelt Sorter, da Dematic, sistema de esteira automatizada por onde as cargas passam e são processadas e separadas automaticamente.

De acordo com a empresa, o novo sistema otimiza o tempo e agiliza processos de separação, processamento, pesagem e cubagem dos pacotes, auxiliando também na maior rastreabilidade das cargas. “Com o sorter, vamos elevar a nossa capacidade de processamento de 5 mil pacotes para 18 mil unidades por hora. Ou seja, um aumento de 260%”, comenta Marcos Monteiro, CEO da Total Express.

Com entrega prevista para agosto de 2012, o sorter tem 287 carros, seis estações de indução automática, outras seis de pesagem dinâmicas e 91 saídas. O equipamento identifica o pacote por meio do código de barras, direciona-o e o separa de acordo com cada rota de entrega.

O investimento faz parte da estratégia de expansão da companhia, iniciada com a chegada do novo sócio, a DGB (Distribuição Geográfica do Brasil), holding de logística e distribuição do Grupo Abril, que em outubro adquiriu 90% das ações da Total Express.

COMMENTS