Santos Brasil automatiza centros logísticos industriais aduaneiros

Novo sistema conta com agendamento da entrada dos caminhões via web e reconhecimento biométrico dos condutores dos veículos

Fábrica de cabines da Volvo no Brasil completa 25 anos de produção
Braspress instala sorter compacto em unidade de Barueri (SP)
Volvo celebra 70 mil VMs fabricados e segundo turno na produção

A Santos Brasil implantou em seus Centros Industriais Aduaneiros (CLIAs), no Guarujá e na Alemoa (Santos), um sistema de controle de armazenagem e de relacionamento com os clientes.
Os CLIAs têm como função essencial a liberação de mercadorias em vias de exportação e a internalização de mercadorias importadas.

O novo software, desenvolvido e implementado pela equipe de Tecnologia da Informação (TI) da Santos Brasil nos CLIAs, é composto pelos módulos de planejamento das quadras de armazenagem e registro eletrônico para entrega das cargas de importação, agendamento on-line dos veículos para recebimento das cargas e informatização de dados sobre localização, liberação e movimentação que os importadores, transportadores e despachantes poderão acompanhar na página da empresa na web.

O sistema seguiu os moldes do controle já implantado no Tecon Santos para controle de acesso. A empresa investiu cerca de R$ 1,2 milhão somente no desenvolvimento do software e mais R$ 2,7 milhões na construção de novos gates nos terminais de Santos e Guarujá.

Segundo Ricardo Molitzas, diretor de operações logísticas, uma das principais vantagens que o novo sistema agrega é o agendamento eletrônico para entrada dos caminhões e o reconhecimento biométrico do condutor do veículo. “Além do agendamento prévio na Internet e a emissão de um certificado digital que precisa ser validado quando o caminhão acessa o CLIA, cada caminhoneiro que entra e sai nas nossas instalações é identificado por biometria”, explica Molitzas. Outro ponto importante, na avaliação do executivo, é que os gates tem interfaces com a liberação eletrônica das mercadorias, com o sistema de armazenamento das quadras e agendamento dos veículos, o que traz maior agilidade na recepção dos veículos e maior segurança na entregas da cargas.

Por conta dessa modernização tecnológica, os CLIAs também estarão preparados para funcionar 24 horas para entrega de carga. Até então o funcionamento era ininterrupto apenas para recebimento.

COMMENTS