MWM International consolida parceria com a GM

Fabricante de motores fornecerá 300 mil unidades a diesel para a linha de montagem da picape Chevrolet S10

Brado e LTI fazem parceria para operação internacional
Veloce Logística premia seus melhores fornecedores
Allison demonstra bom rendimento com transmissão automática de caminhões de lixo na Argentina

Planta de motores da MWM em Santo Amaro, São Paulo (SP)

A MWM International, fabricante de motores com três unidades de produção no Mercosul, duas no Brasil, em Santo Amaro, na cidade de São Paulo (SP), e em Canoas (RS), e uma na Argentina, em Jesus Maria, inaugurou recentemente na planta gaúcha a nova linha de montagem dos motores Chevrolet 2.8 CTDI, que equiparão as picapes S10.

Segundo MWM, a operação demandou investimentos de US$ 80 milhões e a parceria da fábrica com a General Motors prevê a fabricação de 300 mil motores diesel até 2018. O acordo foi firmado em 2008 e está sendo considerado o maior contrato de gênero na história da empresa.

De acordo com o presidente da MWM INTERNATIONAL, José Eduardo Luzzi, este projeto simboliza a união entre duas grandes líderes do setor automotivo que buscam eficientes processos e qualidade para os seus produtos. “Este novo modelo de negócio reforça ainda mais a nossa parceria com a GM, contribuindo para o crescimento da montadora no País que tem como principal objetivo manter a liderança da Chevrolet S10”, explica.

A fabricação dos motores para a GM demanda a integração das três unidades da MWM International na região. A fábrica paulista de Santo Amaro é responsável pela usinagem do bloco do motor e a unidade argentina realiza a usinagem do cabeçote. Em Canoas, os componentes são recebidos e a montagem do motor é feita para a entrega dos propulsores prontos na unidade da GM em São José dos Campos (SP).

Confira os processos e testes que a MWM International realiza nos motores:

Cold Test: sistema que detecta anomalias no desempenho do motor. Com o equipamento, durante o teste, o motor não entra em combustão, diminuindo significativamente a emissão de gases. São avaliados os sistemas de pressão do motor, pressão rail, admissão e escape, vibrações (NVH), torque, sistema elétrico e injeção eletrônica. Pelo equipamento ser dedicado ao motor, o sistema é extremamente eficaz e gera resultados mais precisos (comprovados estatisticamente) garantindo a confiabilidade do produto e satisfação do cliente.

SIVE – Sistema de Inspeção Visual Eletrônico: é um sistema ótico-eletrônico que interpreta características do produto, avaliando os padrões de conformidade. Totalmente automatizado, o sistema é capaz de realizar inspeções repetitivas com 100% de confiabilidade, garantindo assim a integridade e correto posicionamento dos componentes.

Engine Tracking: tecnologia que certifica todos os processos da linha de produção.  Antes que os equipamentos entrem em operação, é realizado um controle para certificação do operador (se ele está no posto correto e até se é capacitado para a função). Outra solução que integra o sistema é a validação dos processos do equipamento – são simulados acertos e erros para constatação se estão ativos na operação.

Poka-Yokes: dispositivo a prova de erros com o propósito de evitar a ocorrência de defeitos em processos de fabricação. Quando é ativado, linha de processamento paralisa de forma que o problema possa ser corrigido.

COMMENTS