Mercedes já produziu mais de 200 mil unidades da Sprinter

Marca foi atingida pela fábrica da montadora na Argentina. Mercado brasileiro absorveu cerca de 83 mil unidades desde 1997, quando a linha foi lançada por aqui

Veloce Logística leva sexto prêmio da GM em dois anos
Hamburg Süd batiza porta contêineres com nome de cidade argentina
Allison Transmission fecha parceria com fabricante argentino de maquinário agrícola

A Mercedes-Benz comemora a marca de mais de 200 mil unidades da Sprinter produzidas. A unidade nº 200.000 foi produzida na planta argentina neste mês de julho, onde a linha é fabricada há 15 anos.

No Brasil, a Sprinter conquistou o mercado com 83 mil unidades vendidas, desde o lançamento, em 1997. “A Sprinter tornou-se referência em satisfação do cliente, rentabilidade e excelência. E com a linha 2011, passou a oferecer ainda mais segurança e conforto para o transporte de cargas e de passageiros, afinal, todas as versões de van, furgão e chassi com cabina passaram a ser equipadas, de série, com airbag para o motorista e sistema de freios ABS/ASR”, diz Dimitris Psyllakis, diretor de Vendas Van da Mercedes-Benz do Brasil.

A fábrica da Mercedes na Argentina, onde são produzidos os modelos da linha, é a mais antiga unidade de produção fora da Alemanha e vai completar 60 anos de história. Além das 22 mil Sprinters, a planta argentina também já produziu mais de 130 mil caminhões e 100 mil ônibus.

Segundo a Mercedes, os veículos Sprinter são equipados com o motor eletrônico OM 611 LA com tecnologia CDI (Common Rail Direct Injection), que oferece 129 cv de potência a 3.800 rpm e 31 mkgf de torque entre 1.600 e 2.400 rpm (413 CDI e 313 CDI) ou 109 cv de potência a 3.800 rpm e 28 mkgf de torque entre 1.400 e 2.400 rpm (311 CDI Street).

Com a linha 2011, todas as versões de van, furgão e chassi com cabina passaram a ser equipadas, de série, com airbag para o motorista e sistema de freios ABS/ASR.

COMMENTS