Mercedes já produziu mais de 200 mil unidades da Sprinter

Marca foi atingida pela fábrica da montadora na Argentina. Mercado brasileiro absorveu cerca de 83 mil unidades desde 1997, quando a linha foi lançada por aqui

Veloce comemora quatro anos em atividade
Governo da Argentina rescinde contratos de concessão da ALL e reestatiza ferrovias
MAN Latin America ultrapassa marca de 100 mil unidades exportadas

A Mercedes-Benz comemora a marca de mais de 200 mil unidades da Sprinter produzidas. A unidade nº 200.000 foi produzida na planta argentina neste mês de julho, onde a linha é fabricada há 15 anos.

No Brasil, a Sprinter conquistou o mercado com 83 mil unidades vendidas, desde o lançamento, em 1997. “A Sprinter tornou-se referência em satisfação do cliente, rentabilidade e excelência. E com a linha 2011, passou a oferecer ainda mais segurança e conforto para o transporte de cargas e de passageiros, afinal, todas as versões de van, furgão e chassi com cabina passaram a ser equipadas, de série, com airbag para o motorista e sistema de freios ABS/ASR”, diz Dimitris Psyllakis, diretor de Vendas Van da Mercedes-Benz do Brasil.

A fábrica da Mercedes na Argentina, onde são produzidos os modelos da linha, é a mais antiga unidade de produção fora da Alemanha e vai completar 60 anos de história. Além das 22 mil Sprinters, a planta argentina também já produziu mais de 130 mil caminhões e 100 mil ônibus.

Segundo a Mercedes, os veículos Sprinter são equipados com o motor eletrônico OM 611 LA com tecnologia CDI (Common Rail Direct Injection), que oferece 129 cv de potência a 3.800 rpm e 31 mkgf de torque entre 1.600 e 2.400 rpm (413 CDI e 313 CDI) ou 109 cv de potência a 3.800 rpm e 28 mkgf de torque entre 1.400 e 2.400 rpm (311 CDI Street).

Com a linha 2011, todas as versões de van, furgão e chassi com cabina passaram a ser equipadas, de série, com airbag para o motorista e sistema de freios ABS/ASR.

COMMENTS