Cummins apresenta motores a diesel mais potentes sem aumento de tamanho

Cummins apresenta motores a diesel mais potentes sem aumento de tamanho

Novidades estarão disponíveis durante a 18ª Fenatran, realizada em outubro em São Paulo

Sinotruk traz linha Premium de caminhões ao Brasil
Ford lança novo caminhão na categoria leve
MWM International atinge a marca de um milhão de litros de Arla 32 vendidos no Brasil

Na quinta-feira (22), a Cummins apresentou à imprensa as novidades em motores que levará para a 18ª edição do Salão Internacional do Transporte – Fenatran. A Feira, que tem o Portal Transporta Brasil como media partner, será realizada entre os dias 24 e 28 de outubro no pavilhão de exposições do Anhembi, em São Paulo.

Para atender às normas Euro 5/Proconve P7, que entram em vigor em 1º de janeiro de 2012, a Cummins coloca no mercado sete motores eletrônicos. Desses, quatro são novidades no País. Os demais são versões incrementadas de outros já conhecidos pelo consumidor brasileiro.

Segundo Luis Chain, gerente executivo de marketing e engenharia de clientes da Cummins Brasil, a empresa realizou milhares de horas de testes para chegar aos resultados desejados de emissão de gases. “Foram 50 mil horas e 6,5 milhões de quilômetros de testes para certificar os produtos e garantir o cumprimento da legislação”, afirmou. Desses, 2 milhões de quilômetros foram em solo brasileiro, de acordo com Luis Afonso Pasquotto, vice-presidente da empresa para a região Latino Americana.

Quanto ao Arla 32, a empresa já está se preparando para, a partir do primeiro dia de 2012, quanto a nova legislação entrar em vigor, estar pronta para atender a demanda.

Motores

A maior novidade dos novos motores é o aumento de suas potências sem aumentar as dimensões. O ISB 4, por exemplo, que é aplicado em Ônibus e caminhão, recebeu maior cilindrada: passou de 3,9 para 4,5 litros – ou seja, 15% a mais. Sua potência passou de 172 cv para 210 cv (22% de incremento). O ISB 6, de 6,7 litros, antes era de 5,9 litros. O aumento foi de 14%. Quanto à potência, foi de 274 cv para 304 cv (mais 11%).

O ISC 8,9, que antes era de 8,3 litros (7% de aumento), pode desenvolver até 405 cavalos (seu antecessor tinha potência de324 cv). Em outros números, a potência desse motor cresceu 27%. Uma versão a gás também será oferecida para a empresa.

Com capacidade para 11 litros, o ISM 11, destinado a caminhões e ônibus, tem potência de até 440 cv. Já os ISF 2,8 High Speed Diesel e ISF 3,8, de 4 cilindros, foram projetados para pick-ups, comerciais leves e caminhões e ônibus de até 9 toneladas.

Arla 32

A Cummins Filtrations, responsável pela produção do agente redutor líquido Arla 32, responsável pela redução da emissão de gases poluentes, já está se preparando para atender o mercado no primeiro dia de vigor da norma de baixa emissão de poluentes. “Inicialmente, serão produzidos 25 milhões de litros por ano”, garantiu Marco Rangel, diretor e gerente-geral da Cummins Filtration.

Para a produção do agente, que será feita na planta de Guarulhos (SP), a empresa investiu US$ 1,3 milhão (aproximadamente R$ 2,4 milhões). Quanto a distribuição, a Cummins contará com 605 pontos em todo o território nacional.

COMMENTS