Fras-le apresenta resultados do 1º trimestre de 2011

Empresa encerrou período de janeiro a março com receita bruta de R$ 178,1 milhões

Concessionária Rota das Bandeiras instala 73 câmeras nas cinco rodovias em que opera
Juntas, MAN, Volkswagen e Scania querem dominar o mercado de caminhões
Tracker soma 20 mil veículos recuperados em 11 anos de atividade

A Fras-le, fabricante de pastilhas e lonas para freio, encerrou o primeiro trimestre deste ano com crescimento em diversas categorias. As atividades do período resultaram em uma receita bruta de R$ 178,1 milhões, representando um crescimento de 12,7% em comparação aos primeiros três meses de 2010.

Já a receita líquida consolidada do período totalizou R$ 133,6 milhões, aumentando 14% sobre o primeiro trimestre de 2010. O EBITDA de R$ 17,2 milhões representou uma evolução de 8,2% em relação ao quarto trimestre do ano passado.

Em relação à receita líquida consolidada por produtos, lonas de freio para veículos pesados (blocos) corresponderam a 61,6%. Já as pastilhas de freio representaram 27,4% e outros produtos 11,%.

O acúmulo dos negócios no mercado externo no período ficou sendo US$ 37,6 milhões, acréscimo de 34,3% comparado ao primeiro trimestre de 2010.

Dos R$ 60 milhões de investimentos previstos para 2011 a Fras-le já utilizou R$ 15,3 milhões durante o primeiro trimestre na aquisição e manutenção de máquinas, equipamentos e ferramental.

Os investimentos na linha de blocos resultarão em um aumento de capacidade de 15 milhões de peças produzidas nos próximos 12 meses.

“O atual cenário com real mais valorizado reforça a oportunidade de incrementar o parque fabril no Brasil e também as unidades da China e EUA, com aumento de capacidade e tecnologia a um custo mais competitivo”, diz o diretor-presidente e de relações com investidores, Daniel Raul Randon.

COMMENTS