Secretaria de Transportes do Paraná e APPA se reúnem para discutir desenvolvimento dos portos do Estado

Representantes dos dois órgãos se reuniram ontem para discutir ações e projetos de desenvolvimento e analisar últimas ações realizadas nos portos do Estado. A programação dos projetos tirados na reunião deve sair na próxima semana

DER vai investir R$ 7,6 mi na recuperação de rodovia entre Araucária e Campo Largo (PR)
DER do Paraná leiloará 681 veículos apreendidos
Usuários de ônibus de Londrina (PR) podem acompanhar trajeto dos coletivos pela internet

O secretário de transportes do Paraná, Mário César Stamm Júnior, e o superintendente da APPA (Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina), Mario Lobo Filho, se reuniram nesta última quinta-feira (24) para programar ações e projetos em conjunto das duas entidades com objetivo de fomentar o desempenho dos portos paranaenses.

“Estamos com muitas ideias para melhorar toda cadeia de exportações e importações pelos portos do Paraná. Recebemos esta missão do governador Orlando Pessuti, que entende que é preciso investir e ampliar nossas estradas e ferrovias, além de melhorar ainda mais as instalações portuárias”, explica o secretário.

No encontro entre os representantes, junto com o diretor técnico da Appa, André Cansian, foram feitas análises das mudanças de infraestrutura dos últimos anos e de trabalhos realizados no Porto de Paranaguá. “Avançamos muito desde 2003, e os números recordes de movimentação de cargas são resultado disto. Com as novas obras previstas vamos melhorar ainda mais”, afirma o diretor.

“Com o trabalho em parceria com a Secretaria dos Transportes estamos dando agilidade a ações fundamentais para a economia do Estado. As obras de revitalização no Pátio de Triagem, por exemplo, vão melhorar a capacidade operacional do Porto de Paranaguá, gerando emprego e renda”, ressalta o superintendente Mario Lobo Filho, apontando a importância da parceria.

O calendário das atividades tiradas na reunião deve sair na próxima semana.

Por Nayra Brighi – Redação Portal Transporta Brasil

COMMENTS