Roubo na Marginal Tietê é solucionado com a ajuda de rastreador

Autônomo trafegava de madrugada e foi vítima de emboscada. Equipamento de rastreamento ajudou a encontrar o veículo com a carga intacta

GNV deixa de ser vantajoso para os taxistas
Filiados à ATR Brasil terão de pagar pelo eixo suspenso em SP
Sadia inaugura nova fábrica, em Pernambuco, mas pode vender outras para se capitalizar

No dia 22 de maio, às 4h, quando trafegava pela Marginal Tietê, em São Paulo-SP, o caminhão de um autônomo foi vítima de uma emboscada. O caminhoneiro transportava cerâmica e material descartável, e no momento do roubo se encaminhava para a Via Dutra.

Segundo o motorista, a abordagem foi feita por um carro que o alertava sobre uma suposta queda da carga. Pouco depois, um outro caminhão também passou por ele, informando sobre problemas com sua carga. O motorista não parou, suspeitando de uma armadilha. Quilômetros depois, em um local que considerou seguro, o caminhoneiro parou o veículo para checar a carga e foi surpreendido por três homens armados, que anunciaram o assalto, rendendo o motorista e seu ajudante.

As vítimas foram colocadas em um caminhão e feitas reféns pelos assaltantes. Depois de rodar por duas horas, ao chegar a uma casa em uma favela, que foi o cativeiro dos transportadores por aproximadamente uma hora. “Após algum tempo, os dois homens retornaram e disseram que o caminhão bloqueou quando tentaram retirar o rastreador. Após isso, entramos em um carro e fomos levados até Ferraz de Vasconcelos-SP, onde fomos libertados por volta das 7h30.”, afirmou o dono do caminhão roubado.

O caminhão foi encontrado em Guarulhos, com a carga intacta, tendo avarias apenas na parte elétrica. O veículo foi rastreado e encontrado graças a um rastreador via satélite.

Leonardo Helou Doca de Andrade – Redação Portal Transporta Brasil

COMMENTS