Bitrem basculante com aço de alta resistência traz benefícios econômicos e ambientais

A Randon apresentou na semana passada seu case de inovação tecnológica com foco na sustentabilidade, durante IX Conferência da ANPEI – Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras, que se realiza na sede da FIERGS, em Porto Alegre. Este case é um dos 48 selecionados pelo Comitê Técnico da entidade, para destacar os projetos inovadores desenvolvidos no Brasil por empresas e instituições que investem em pesquisa e desenvolvimento levando em conta sua responsabilidade com a preservação ambiental

Iraque vai investir US$ 3,7 bilhões em porto
GM anuncia corte de 744 vagas em SP
Voith Turbo traz soluções ecológicas para a indústria ferroviária brasileira

A Randon apresentou na semana passada seu case de inovação tecnológica com foco na sustentabilidade, durante IX Conferência da ANPEI – Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras, que se realiza na sede da FIERGS, em Porto Alegre. Este case é um dos 48 selecionados pelo Comitê Técnico da entidade, para destacar os projetos inovadores desenvolvidos no Brasil por empresas e  instituições que investem   em pesquisa e desenvolvimento levando em conta sua responsabilidade com a preservação ambiental.

No caso da Randon, diante da demanda do mercado por produtos mais leves para trabalhar de acordo com a lei da balança, a Randon decidiu desenvolver e utilizar aços de alta resistência, com tensões de escoamento maiores e de fácil conformação, nos bitrens basculantes para transporte de açúcar e grãos por estradas pavimentadas e em boas condições. São bitrens com capacidade técnica de 40 toneladas e volume de carga das caixas de carga de até 20m3.

Aplicado nos implementos rodoviários, o aço aumenta a capacidade de carga útil e reduz também o consumo de combustível dos caminhões. O cliente economizará uma viagem a cada 22 na comparação com os modelos convencionais, pois consegue transportar mais carga-líquida. O maior benefício obtido com o uso do aço de alta resistência, percebido em toda a cadeia produtiva, é a facilidade no manuseio de peças devido ao seu menor peso. A ergonomia é beneficiada principalmente nas operações de corte, dobra e montagem, que são realizadas nas áreas de caldeiraria e linha de montagem. A linha de montagem do produto também foi aprimorada com a implantação de novos gabaritos e padronização de componentes, trazendo benefícios aos funcionários e aumentando a capacidade de produção.

Na produção de aços de alta resistência menos matéria-prima e menos energia são consumidas, pois os volumes de produção são menores para atender a mesma quantidade de veículos. Por parte da área de pesquisa e desenvolvimento o bitrem basculante segue sendo monitorado nos clientes onde são verificadas a vida em fadiga e também as oportunidades de melhoria, pois para a indústria de implementos rodoviários os aços de alta resistência são tratados como uma nova tecnologia.

Resultados:

  • Implemento 13% mais leve;
  • Aumento de 4,6% na carga transportada;
  • Redução de 4,4% no consumo de combustível por tonelada transportada;

Meio-ambiente

  • Impactos na cadeia de produção do aço:
  • Redução da extração de minério de ferro;
  • Redução da extração de carvão mineral;
  • Redução do consumo de energia;
  • Redução da geração de resíduos.

Benefícios às pessoas

  • Redução de peso das peças entre 20 e 47%;
  • A ergonomia é beneficiada principalmente nas operações de corte, dobra e montagem, que são realizadas nas áreas de estamparia e linha de produção.

Reestruturação dos processos de pintura reduz impacto ambiental e melhora ambiente de trabalho
Com o objetivo de adequar seus processos aos requisitos de sustentabilidade e buscar alternativas diferenciadas para a geração de benefícios à sociedade e ao meio ambiente, nos anos de 2007 e 2008, o processo de pintura da empresa foi reestruturado.

Tal reestruturação consistiu na implementação de uma Central de Tintas e da utilização de equipamentos com tecnologia avançada que permite a redução do impacto ambiental, melhoria no ambiente de trabalho (segurança e saúde); melhoria na qualidade dos produtos e maior produtividade.

O uso destas tecnologias proporcionou um novo conceito para as áreas de pintura e um diferencial para a empresa.

Como resultado desta iniciativa, foi registrada redução de 20% na geração de resíduos do processo e aumento de 20% de produtividade. O consumo anual de tinta teve uma diminuição de 30%.

COMMENTS