Governo vai construir ponte unindo Brasil e Bolívia

Ponte vai ligar as cidades de Montevideo, na Bolívia (Vila Evo Morales) e Plácido de Castro, no Acre

BR-317 é recapeada entre Xapuri e Brasileia, no Acre
Fiscalização de carga pode ser feita em dois postos no Acre
Aeroporto de Rio Branco (AC) ganha reforma e ampliação

Em uma reunião realizada esta semana na Bolívia, com a participação de  representantes dos governos brasileiro e boliviano, foi determinada a criação de uma comissão mista Bolívia-Brasil para tratar das questões referentes à construção de uma ponte internacional sobre o Igarapé Rapirrã.

A ponte vai unir as cidades de Montevideo, na Bolívia (Vila Evo Morales) e Plácido de Castro, no Acre.

Ficou acordado que a comissão será presidida por um representante do Ministério das Relações Exteriores de cada país, do Ministério de Obras, Transportes (no caso do Brasil), de um representante do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit).

Por critério da comissão, outras instituições que se fizerem necessárias para a execução do projeto podem ser convidadas a participar. Ainda, a comissão se encarregará de preparar os “Termos de Referência” relativos aos estudos técnicos, físicos, ambientais, econômicos e financeiros do empreendimento.

De acordo com o chefe da comissão brasileira, o embaixador do Brasil na Bolívia, Marcel Fortuna Biato, a comissão é um organismo jurídico para o cumprimento de sua finalidade em conformidade com o acordo do presente regulamento. “As autoridades competentes de cada país proporcionarão as devidas condições e comunicação da circulação de pessoas, veículos e equipamentos, necessários à execução e os objetivos do acordo.”

O secretário de Segurança Pública do Acre, Reni Graebner, disse que a obra, a ser financiada pelo Denit, contempla um projeto do governo do Estado, que é proporcionar alternativas de desenvolvimento econômico e social para as regiões de fronteira com o Estado.

Datas de execução início de execução dos trabalhos ainda não foram definidas.

COMMENTS