Volume transportado da ALL no Brasil sobe 10,4%

De acordo com nota, a expansão foi impulsionada por ganhos na participação de mercado no segmento industrial e pelo mercado agrícola favorável

Infraero defende lei para prevenir colisão de aviões com pássaros
Nelson Jobim defende abertura do Aeroporto Santos Dumont
GOL faz acordo com alemã Condor Airlines

O volume transportado da América Latina Logística (ALL) Brasil cresceu 10,4% no primeiro trimestre de 2009, na comparação com o mesmo período do ano anterior, somando 7.759 milhões de TKU (toneladas por quilômetros úteis), conforme prévia divulgada pela empresa.

De acordo com nota, a expansão foi impulsionada por ganhos na participação de mercado no segmento industrial e pelo mercado agrícola favorável.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) atingiu R$ 251,1 milhões de janeiro a março deste ano, representando um incremento de 6,4%, em relação aos mesmos meses do ano anterior. “Refletindo o crescimento de volume, fretes mais pressionados no mercado spot em janeiro e fevereiro”, conforme comunicado.

Já na Argentina, o volume recuou 4,5% no primeiro trimestre de 2009, em meio a um cenário político e de mercado adverso. O Ebitda ficou negativo em R$ 2 milhões.

O volume total transportado pela ALL no trimestre, somando Brasil e Argentina avançou 8,7%, totalizando 8.602 milhões de TKU. Enquanto que o Ebitda foi de R$ 249,1 milhões.

Em relação a 2009, a companhia mantém o guidance de volume no Brasil, que deverá crescer entre 10% e 12%. A ALL acredita no potencial de ganhos de participação de mercados e as boas perspectivas de ganhos em produtividade na malha ferroviária.

COMMENTS