Trabalhadores da Mercedes-Benz entram em férias coletivas no dia 23

Segundo a assessoria de imprensa do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, as férias vão 4 de março

Wilson Sons adquire base operacional da Brasco
Comissão aprova isenção de pedágio para motos
Portos do Paraná fecham 2008 com elevação de 18% na receita cambial

Seis mil trabalhadores do setor de produção da Mercedes-Benz entram em férias coletivas no próximo dia 23. Segundo a assessoria de imprensa do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, as férias vão 4 de março. Além deles, mil funcionários entram em férias normalmente e voltam na mesma data que os outros.

As férias são resultado de negociação entre uma comissão de fábrica e o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, com o objetivo é ajustar a produção.

De acordo com a assessoria de imprensa do sindicato, as reuniões continuam, e a medida adotada (férias coletivas) é normal quando é necessário o ajuste da produção. Além disso, o mecanismo faz parte das ações de preservação do emprego propostas pelo sindicato e a base na fábrica.

A assessoria de imprensa da Mercedes-Benz confirmou que a medida foi tomada para readequar o volume de produção de caminhões e chassis para ônibus à demanda do mercado de veículos comerciais.

Em São Paulo, os funcionários Schaeffler Brasil (Rolamentos Fag) entraram em greve para protestar contra a demissão de 60 funcionários ontem (5), 150 hoje (6) e mais 150 amanhã (7).

Na Tubocap Artefatos de Metal, também em São Paulo, 400 trabalhadores suspenderam a paralisação iniciada há dois dias para protestar contra 30 demissões, atraso de salário e férias. A volta foi determinada pelo Tribunal Regional do Trabalho. A assessoria de imprensa do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi informou que os trabalhadores vão esperar uma solução até a próxima segunda-feira (9). Caso a empresa não os atenda, voltarão a paralisar as atividades.

Link para a matéria

COMMENTS