Guarulhos terá fiscalização eletrônica de trânsito

Medida visa a reduzir números de acidentes e de mortes; colocação de radares faz parte da campanha “Velocidade mata, respeite a vida!”, que começou esta semana

País precisa investir em transportes para sediar jogos, diz Monti
Oito empresas na licitação dos radares e lombadas em Curitiba
DHL contrata mais 200 pessoas no Brasil

A cidade de Guarulhos, um dos mais importantes pólos do transporte de cargas e da logística do transporte do Brasil, terá, a partir de 6 de março, fiscalização eletrônica por meio de radares em suas principais vias.

A iniciativa, de acordo com a prefeitura, faz parte da campanha “Velocidade mata, respeite a vida!”, que tem o objetivo de garantir a segurança da população com o controle do limite de velocidade de veículos e o respeito à sinalização viária (semáforos e faixas de pedestres). Com isso, pretende-se diminuir a ocorrência de acidentes e de vítimas fatais causados pelo tráfego urbano.

O sistema de fiscalização de Guarulhos terá dez lombadas eletrônicas, 25 barreiras eletrônicas (“pardais”), que funcionarão 24 horas por dia, e 30 equipamentos para controlar o avanço de sinal (“caetanos”). Completa o sistema um radar móvel, que auxilia na fiscalização de velocidade e na verificação de veículos que estejam trafegando em situação irregular.

Segundo a secretaria de Transportes e Trânsito da cidade, serão instalados nove aparelhos por mês. A previsão é que até junho o sistema eletrônico esteja completo, com a colocação de 66 equipamentos. A localização dos radares segue critérios técnicos de avaliação de trânsito na cidade. “Estão sendo priorizadas as vias públicas que apresentam maior volume de tráfego e onde são mais frequentes as ocorrências de acidentes”, afirma o secretário de Transportes e Trânsito, José Evaldo Gonçalo.

COMMENTS