Guarulhos terá fiscalização eletrônica de trânsito

Medida visa a reduzir números de acidentes e de mortes; colocação de radares faz parte da campanha “Velocidade mata, respeite a vida!”, que começou esta semana

Petrobras encontra óleo em reserva da bacia de Campos
CDH vai apresentar minuta do Estatuto do Profissional do Volante em audiência pública
Camex aumenta prazo para importação de pneus remoldados do Mercosul

A cidade de Guarulhos, um dos mais importantes pólos do transporte de cargas e da logística do transporte do Brasil, terá, a partir de 6 de março, fiscalização eletrônica por meio de radares em suas principais vias.

A iniciativa, de acordo com a prefeitura, faz parte da campanha “Velocidade mata, respeite a vida!”, que tem o objetivo de garantir a segurança da população com o controle do limite de velocidade de veículos e o respeito à sinalização viária (semáforos e faixas de pedestres). Com isso, pretende-se diminuir a ocorrência de acidentes e de vítimas fatais causados pelo tráfego urbano.

O sistema de fiscalização de Guarulhos terá dez lombadas eletrônicas, 25 barreiras eletrônicas (“pardais”), que funcionarão 24 horas por dia, e 30 equipamentos para controlar o avanço de sinal (“caetanos”). Completa o sistema um radar móvel, que auxilia na fiscalização de velocidade e na verificação de veículos que estejam trafegando em situação irregular.

Segundo a secretaria de Transportes e Trânsito da cidade, serão instalados nove aparelhos por mês. A previsão é que até junho o sistema eletrônico esteja completo, com a colocação de 66 equipamentos. A localização dos radares segue critérios técnicos de avaliação de trânsito na cidade. “Estão sendo priorizadas as vias públicas que apresentam maior volume de tráfego e onde são mais frequentes as ocorrências de acidentes”, afirma o secretário de Transportes e Trânsito, José Evaldo Gonçalo.

COMMENTS