Obras em rodovias do Vale do Ivaí entram na fase final

A recuperação do acesso a Arapuã e a construção de dois trevos – um na entrada deste município e outro no distrito de Jardim Florestal, em Jardim Alegre, devem ser finalizadas nas próximas semanas

Trem chega em 2012 a Água Boa, diz Valec
Facilidades do Porto Fácil serão divulgadas a empresários de todo Estado do Paraná
O porto no gargalo

Entram em fase de conclusão duas importantes obras para a segurança dos motoristas e da população do Vale do Ivaí. A recuperação do acesso a Arapuã e a construção de dois trevos – um na entrada deste município e outro no distrito de Jardim Florestal, em Jardim Alegre, devem ser finalizadas nas próximas semanas. O Governo do Paraná investe R$ 1,75 milhão nessas obras.

Os dois acessos, segundo o secretário para Assuntos Rodoviários, Rogério W. Tizzot, fazem a ligação das cidades à PRC-466, que faz a ligação do Vale do Ivaí com as regiões Norte e Central do Estado. “A PRC-466 exerce papel fundamental na dinâmica de transportes do Paraná. Por ela passam cargas importantes de regiões produtoras essenciais para a movimentação econômica”, observou. “Justamente por isso, é uma via com intenso tráfego e os acessos aos municípios têm que ser adequados e bem sinalizados.”

Apenas em Arapuã, estão sendo investidos R$ 1,3 milhão. Além da construção do trevo, os 8,5 quilômetros da via de acesso – o único pavimentado da cidade – recebem obras de restauração do pavimento e sinalização.

PEDIDO – Já em Jardim Alegre, o grande entrave que era chegar ao distrito de Jardim Florestal está ficando no passado. A remodelação do trevo, com a aplicação de R$ 457 mil, era uma antiga reivindicação da população local. “O movimento de carros e caminhões na PRC-466 cria grandes dificuldades para os agricultores, moradores e comerciantes que se deslocam ao Jardim Florestal”, ressaltou Tizzot. “A melhoria da infra-estrutura local é importante, mas não basta. Ao mesmo tempo, precisamos garantir a segurança dos usuários destas vias”, completou.

Link para a matéria

COMMENTS