Recuperação de rodovia na região de Guarapuava começa nos próximos dias

Os trabalhos foram divididos em dois segmentos e serão iniciados pelo lote de 48,83 quilômetros entre Guarapuava e o rio Bonito. Apenas neste trecho, o Governo do Paraná vai investir R$ 3,7 milhões

Fusão Gol/Varig gerou atrasos, afirma Anac
Obras da ferrovia Transnordestina serão aceleradas
Porto de Itajaí vai assumir dragagem

Começam nos próximos dias as obras de recuperação dos 80 quilômetros da rodovia que liga os municípios de Guarapuava e Pitanga (PRC-466), na região Central do Estado. Os trabalhos foram divididos em dois segmentos e serão iniciados pelo lote de 48,83 quilômetros entre Guarapuava e o rio Bonito. Apenas neste trecho, o Governo do Paraná vai investir R$ 3,7 milhões. O segundo lote, entre o rio Bonito e Pitanga, deve ter a sua ordem de serviço assinada em janeiro de 2009. Serão mais 32,7 quilômetros no valor de R$ 6 milhões. A previsão de conclusão das obras é de um ano.

No total, os recursos vão somar cerca de R$ 9,7 milhões na recuperação da via, que é considerada estrutural para o setor de Transportes no Estado. A PRC-466 faz a ligação das regiões Norte, Vale do Ivaí, Central e Sul do Estado, chegando até a BR-277, principal caminho da produção até o Porto de Paranaguá. Por essa razão, o secretário para Assuntos Rodoviários, Rogério W. Tizzot, reforça que os investimentos representam um grande avanço na infra-estrutura local, que deve ser refletido em toda a economia paranaense.

“Pela sua localização estratégica, fazendo a ligação com a BR-277, a rodovia recebe intenso tráfego de caminhões diariamente. As obras vão diminuir o tempo e os custos da viagem e favorecer o escoamento da produção das regiões Norte e Central. Além de tornar o trajeto muito mais seguro para os profissionais e demais motoristas que precisam utilizar a via”, destacou Tizzot.

Link para a matéria

COMMENTS