Lula pede que governadores do Nordeste adiem cobrança do ICMS

“É importante se vocês puderem prorrogar o recebimento do ICMS por 30 dias ou dois meses para criar capital de giro para a pequena e média indústria”, disse Lula

Serra diz que taxa básica de juros dificulta no enfrentamento da crise
ALL prioriza produtividade e busca cargas de varejo
Projeto de duplicação da 381 deve ser assinado esta semana

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu ontem (2) aos governantes da Região Nordeste que adiem a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) como forma de reforçar o caixa das pequenas e médias empresas neste momento de crise financeira mundial.

“É importante se vocês puderem prorrogar o recebimento do ICMS por 30 dias ou dois meses para criar capital de giro para a pequena e média indústria”, disse Lula, ao participar do 9º Fórum de Governadores do Nordeste, em Recife.

No último dia 28, o governador de São Paulo, José Serra, anunciou que vai adiar por um mês a cobrança de metade do ICMS referente a este mês. Com a medida, as empresas poderão pagar o tributo em fevereiro, e não mais em janeiro, como previsto – o que significará R$ 2 bilhões circulando na economia estadual.

No encontro com os governadores, Lula reclamou que, apesar das medidas para evitar a falta de crédito no mercado, o dinheiro não estaria chegando ao consumidor e aos pequenos empresários. “O que continua desagradável é que, mesmo disponibilizando essa quantidade de recursos, o dinheiro não chegou na ponta.”(Sabrina Craide e Carolina Pimentel-Repórteres da Agência Brasil)

Link para a matéria

COMMENTS