Conab realiza quinta-feira mais um leilão de milho

A principal novidade em relação ao primeiro leilão, ocorrido há duas semanas, é a ampliação do número de estados beneficiados

Governo quer democratizar acesso a informações online com o uso de software livre
Em abril, mais 30 radares (PR)
Peça usada poderá levar à cassação de registro de seguradora

Serão ofertados quinta-feira (27), pela segunda vez no ano, Prêmios de Escoamento da Produção (PEP) para a venda de milho. A principal novidade em relação ao primeiro leilão, ocorrido há duas semanas, é a ampliação do número de estados beneficiados. Desta vez, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) atenderá, além de Mato Grosso, agricultores de Goiás, Mato Grosso do Sul e Rondônia.

A operação deve apoiar a venda de 223 mil toneladas do grão: 100 mil em Mato Grosso, 60 mil em Goiás e Mato Grosso do Sul e 3 mil em Rondônia. Essa modalidade de leilão serve para custear o transporte de alimentos para regiões consumidoras e apoiar a comercialização em pólos produtores.

Em nota, o superintendente de Operações da Conab, João Paulo Moraes, disse que o preço do milho nos quatro estados já está próximo dos valores de referência definidos pelo governo. “A queda nos preços deixou esses estados em situações parecidas. O leilão vai ajudar a garantir renda aos produtores”.

No primeiro leilão de PEP, o governo investiu R$ 2,3 milhões para garantir a comercialização de 50 mil toneladas de milho cultivado no norte de Mato Grosso.  (Danilo Macedo-Repórter da Agência Brasil)

Link para a matéria

COMMENTS