Candidatos à prefeitura de São Paulo falam sobre trânsito e transportes no primeiro debate

Debate se mostrou morno, sem ataques diretos entre os candidatos, e o tema transporte foi abordado com superficialidade pelos concorrentes à prefeitura de São Paulo

Banco Central não descarta queda do preço da gasolina em 2009
Audiência discute o pedágio em Palhoça (SC)
Banco Mercedes-Benz fecha mês de julho com 33% de aumento nas operações

Os temas transporte e trânsito estiveram em destaque no primeiro debate realizado ao vivo na televisão com os candidatos à prefeitura de São Paulo, que foi ao ar ontem pela Rede Bandeirantes.

Os candidatos falaram sobre suas propostas para melhorar a mobilidade urbana, reduzir a emissão de poluentes à atmosfera, gerada em sua maioria pelos veículos que circulam na cidade, e sobre obras para aumentar a fluidez nos horários de pico

Ciclovias e pedágio urbano

Soninha Francine, candidata pelo PPS, defendeu que os principais geradores de congestionamentos e de poluição atmosférica em São Paulo são o veículos particulares e apresentou propostas de transporte alternativo, como a implementação de ciclovias na cidade e a restrição do trânsito no Centro. Ela falou sobre a necessidade de implementação do pedágio urbano como forma de desencorajar os cidadãos a irem com seus carros para a região Central da cidade. “O cidadão que fizer questão de ir ao Centro com seu carro deverá pagar”, disse a candidata.

Restrições ao caminhão

Kassab (DEM) falou rapidamente sobre a restrição ao trânsito de caminhões na cidade, como uma atitude corajosa de sua gestão para melhorar o trânsito. Citou também o investimento em corredores de ônibus e no Metrô.

Subsídio do Estado

O candidato Ivan Valente, do PSOL, disse que sua proposta para os transportes na cidade passam pelo subsídio do Estado ao transporte público para beneficiar as massas que fazem uso desta modalidade.

Freeway

Paulo Maluf, do PP, disse que irá construir uma grande via expressa sobre o Rio Tietê, com a ampliação do número de faixas de tráfego na Marginal.

Transporte de massa

Em geral, todos os candidatos defenderam no debate a priorização ao transporte de massa, principalmente sobre trilho, como forma de minorar os problemas de trânsito na cidade.

Apesar de o trânsito e os transportes públicos estarem em evidência nos três primeiros blocos do debate realizado pela Bandeirantes, pouco se falou sobre a mobilidade urbana e o abastecimento da Região Metropolitana de São Paulo, temas de extrema importância para a população em geral.
O Portal Transporta Brasil prepara uma sabatina com estes temas a todos os candidatos à prefeitura da maior cidade do País e em breve trará a posição dos concorrentes à eleição sobre os assuntos que realmente mexem com o dia-a-dia de todos no trânsito.

COMMENTS