Novo Caveirão do BOPE virá da África do Sul

Novo Caveirão do BOPE virá da África do Sul

Veículo blindado modelo Maverick venceu a licitação e vai equipar as tropas de elite das Polícias Militar e Civil do Rio de Janeiro

FedEx pretende comprar TNT por € 4,4 bilhões
Femsa Logística compra Expresso Jundiaí
Grupo MRJS adquire 23 veículos da Iveco

caveirao1

Visando à necessidade de modernizar a frota de caveirões das tropas de elite do Estado do Rio de Janeiro, o governo anunciou que passará a atuar com veículos Maverick de Segurança Interna, fabricados pelo grupo sul-americano Paramount. A intenção é aplica-los em operações do BOPE (Batalhão de Operações Especiais), do batalhão de choque da Polícia Militar e também em atividades da Coordenadoria de Recursos Especiais da Polícia Civil. As unidades estão orçadas em cerca de R$ 1 milhão.

Decisão pelo veículo foi tomada depois de uma série de avaliações técnicas e testes práticos de campo, além de um processo de aquisição aberto aos fabricantes tanto nacionais quanto internacionais de veículos desse tipo.
O modelo, com carroceria completamente blindada, é capaz de suportar disparos de calibre 7.62 mm, usado por armas como o Fuzil Automático Leve, e também de 12,7 mm ou .50, empregadas em metralhadoras como a Browning M2. Armas de ambos os portes são usadas em operações de assaltos a carro forte no Estado.

O Maverick conta também com proteção cinética, e é capaz de prosseguir em operação mesmo após a explosão de uma granada M26 debaixo do veículo, método de ataque utilizado por traficantes do Rio. Além disso, um sistema de extintores automáticos consegue apagar as chamas nos pneus 365/85 aro 20, os quais são protegidos por uma grande cinta de borracha ultrarresistente e podem rodar mesmo vazios.

caveirao2

O veículo de transmissão automática pode transportar até 12 homens dentro da carroceria de seis metros de comprimento. O motor é um turbodiesel Cummins 6.7 de seis cilindros, capaz de gerar 300 cv de potência e 112 kgfm de torque. Com sua potência, o Maverick pode levar o peso de até 15 toneladas até 120 km/h de velocidade. O motor é capaz de funcionar em aceleração máxima por 24 horas. A autonomia basta para até 700 km.

“O Brasil é hoje uma das maiores e mais dinâmicas economias do mundo, e de forma a explorar seu potencial o governo se deu conta de que precisa equipar suas forças de segurança com o mais avançado equipamento para proteger seus cidadãos e significativos investimentos em infraestrutura. O grupo Paramount está muito orgulhoso por ter sido escolhido para dar suporte ao governo nesse importante papel e deseja ser parte do crescimento desse dinâmico país”, disse Ivor Ichikowitz, presidente e fundador do grupo Paramount.

COMMENTS