China negocia aquisição de pelo menos 150 jatos da Airbus

Compra está avaliada em cerca de US$ 20 bilhões; interesse nos jatos ocorre em momento de diálogo envolvendo a abertura de uma segunda unidade fabril da Airbus no país

Singapore Airlines fecha negócio de R$ 5,2 bilhões com a Rolls-Royce
Beechcraft fecha 2º trimestre com aumento de 75% nas vendas
Azul e Sky anunciam serviço de TV ao vivo nas aeronaves

airbus-aeronaves-china

A China pretende fechar uma compra de pelo menos 150 jatos Airbus a quando o presidente Xi Jinping fizer sua primeira visita à Europa ainda em março. A aquisição estaria avaliada em cerca de US$ 20 bilhões. As informações são da agência Reuters.

A compra de mais jatos A330 acontece em um momento em que está havendo diálogo envolvendo a abertura de uma segunda unidade fabril da Airbus no país.

A planta impulsionará a presença da Airbus na China cinco anos depois da abertura da primeira fábrica da companhia fora da Europa, em Tianjin, município portuário onde são montados jatos A320.

As tratativas podem envolver também a decisão para retomar a negociação de 27 A330 bloqueada pela China durante uma disputa com a União Europeia envolvendo políticas ambientais.

O tamanho final do acordo poderá mudar e vai depender de negociações de última hora.

COMMENTS