Braspress quer comprar operações da TNT no Brasil

Braspress quer comprar operações da TNT no Brasil

Segundo diretor da transportadora de encomendas expressas, alta sinergia entre as empresas e substancial redução dos custos seriam os maiores atrativos para a aquisição

Companhia aérea da Bielorrússia adquire dois jatos Embraer 195
DB Schenker adquire importadora marítima do Panamá
Raízen anuncia aquisição da Distribuidora Latina

braspress-carreta

A empresa de encomendas urgentes Braspress manifestou interesse em adquirir as operações da TNT Express Brasil, sucessora das empresas Expresso Mercúrio e Expresso Araçatuba. A companhia protocolou documento a respeito da transação junto ao banco mandatário, o Citibank, no dia 10/7.

Segundo Urubatan Helou, Diretor-Presidente da Braspress, o principal atrativo da aquisição é a sinergia entre as duas empresas.

“Ambas operam nacionalmente, além disso, as duas contam com uma superposição de custos também. Por isso, se a Braspress comprar a TNT, nós podemos ter uma substancial redução de despesa, o que é muito importe para nós. Atualmente, a Braspress conta com 112 filiais no Brasil, e a TNT tem 70. Onde a Braspress tem filial a TNT também tem”, explica o executivo.

Recentemente, a UPS ofereceu US$ 7 bilhões pela operação global da TNT, porém, a transação foi vetada por autoridades de defesa da concorrência na União Europeia.

“Nós já havíamos manifestado interesse anteriormente, mas as negociações não prosperaram porque no mesmo tempo em que isso ocorreu a UPS fez uma oferta global, então, naquela ocasião, a preferência ficou para eles”, comenta Helou. “Após o veto da compra, a TNT começou a oferecer as operações dela no mundo inteiro para empresas locais. Na china, por exemplo, ela já foi vendida”.

No quarto trimestre de 2012, a TNT Express amargou um prejuízo de € 148 milhões (equivalente a US$ 197,59 milhões). Um ano antes, a companhia registrou uma perda de € 173 milhões.

COMMENTS