Transportadora do agronegócio compra 112 caminhões Iveco

Transportadora do agronegócio compra 112 caminhões Iveco

Operadora de transportes do Grupo Bom Jesus, de Rondonópolis, no Mato Grosso, expande sua frota para operar com soja, milho, algodão, fertilizantes e outros produtos

RodoLinea cria solução para evitar o desperdício de grãos nas estradas
Mercedes-Benz tem novo gigante florestal
Bilhões são literalmente perdidos anualmente

A Iveco acaba de fazer uma grande venda de caminhões médios e pesados para o agronegócio. A Bom Jesus Transportes, que é a operadora de transportes do Grupo Bom Jesus, um grande produtor de soja, milho e algodão do Mato Grosso, é a compradora de 112 unidades dos caminhões Tector e Hi-Way, médios e pesados.

A empresa opera com uma frota de 300 caminhões no total e agora investe para ampliar seus caminhões para o transporte dos grãos e de fertilizantes, defensivos agrícolas, cimento e madeira. Ao todo, são 1,5 mil toneladas movimentadas por dia.

A voz do cliente

“Com a chegada dos modelos da Iveco, nossa empresa passa a contar com veículos que oferecem potência combinada com economia de combustível, sem esquecer do conforto dos motoristas. A confiança que temos nos caminhões da Iveco faz com que a marca seja sempre a opção ideal quando vamos comprar novos produtos”, diz Tony Erick, que é executivo da Bom Jesus Transportes. A transportadora opera desde 2003 para dar o suporte logístico e o escoamento da produção do Grupo Bom Jesus no agronegócio.

O apoio da fabricante

A Iveco vai oferecer ao cliente mato-grossense o suporte do Centro de Atenção ao Cliente, que é responsável por dar suporte técnico 24 horas por dia, todos os dias, contribuindo para o aumento da disponibilidade dos caminhões. Os técnicos do time de atendimento da Iveco resolvem diversos problemas por telefone e, quando é preciso, um profissional é enviado ao local onde o caminhão está.

Além disso, a Bom Jesus poderá contar com a rede de 80 concessionárias da Iveco em todo o Brasil, onde vai encontrar as peças da linha Nexpro, com garantia de 12 meses, e também da linha Reman, que são produtos remanufaturados com redução significativa para o custo de manutenção.

O diretor Comercial da Iveco, Ricardo Barion, considera que os clientes do agronegócio, que é uma aplicação severa e com grande importância para a economia brasileira, escolhem os caminhões da marca, principalmente os modelos Tector e Hi-Way, por conta da durabilidade, da força do motor e da eficiência e baixo consumo dos veículos. “O conforto da cabine também é um destaque apontado pelos motoristas como um diferencial dos nossos caminhões”, conclui Barion.

De acordo com a Iveco, o negócio com o Grupo Bom Jesus foi realizado por meio do apoio do Banco CNH Industrial e da concessionária Iveco Torino de Rondonópolis, Mato Grosso.

Clique aqui para conhecer nosso conteúdo no Facebook

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS