Geração 8 de ônibus Marcopolo deve chegar ao mercado em agosto

Geração 8 de ônibus Marcopolo deve chegar ao mercado em agosto

Novas carrocerias de ônibus da fabricante líder nacional trazem mais conectividade e segurança para as linha Paradiso e Viaggio

SEST SENAT vai testar caminhoneiros e outros profissionais para Covid-19
Empresa do Pará compra cinco caminhões extrapesados MAN TGX
Procura por caminhões no Mercado Livre cresceu 49%

A Marcopolo é a gigante brasileira que fabrica carrocerias de ônibus há mais de seis décadas e que detém mais de 51% do mercado nacional. A empresa acaba de apresentar sua mais nova geração de carrocerias de ônibus, compatíveis com os chassis fabricados no Brasil. A Geração 8 da Marcopolo promete um novo patamar e um grande avanço em padrões de segurança, conforto, conectividade, dirigibilidade e ergonomia, contemplando passageiros e motoristas.

A Geração 8 inclui as linhas Viaggio e Paradiso e todas suas versões e, segundo a Marcopolo, foi desenhada para os diversos modelos de chassis das principais montadoras brasileiras. A promessa é que as primeiras unidades da G8 cheguem ao mercado em agosto, produzidas na unidade da Marcopolo Ana Rech, em Caxias do Sul (RS).

“A Marcopolo busca sempre criar soluções de transporte inovadoras e realmente de valor para clientes, passageiros, colaboradores e parceiros de negócio. A Geração 8 é a representação deste propósito. Um conceito concebido para tornar os ônibus mais seguros, confortáveis, eficientes e rentáveis. O nosso objetivo foi conceber um veículo capaz de transformar a experiência de viagem”, destaca James Bellini, CEO da Marcopolo.

Novo visual

O novo desenho dos ônibus Marcopolo G8 foram pensados para terem fluidez nas linhas, design limpo e moderno e características que transmitem sensação de velocidade. O projeto, segundo a empresa, levou em conta melhorias e excelência para os operadores, para os motoristas e para os passageiros.

Para começar, as novas linhas da G8 trazem uma melhoria de 11% no coeficiente aerodinâmico, o que permite a redução de custos operacionais, gerando economia de combustível e redução na emissão de gases poluentes.

O projeto contou com 100 engenheiros e mais de 44 mil quilômetros rodados em testes e ensaios para atender às diferentes necessidades das operações. Um dos resultados foi o aumento do espaçamento entre as poltronas e maior espaço de circulação dentro do veículo.

O que mudou em relação à New G7?

Uma das mudanças é a nova iluminação indireta em LED, nova escada de acesso com degraus mais amplos e novo sistema de abertura da porta, que traz mais robustez. Além disso, a Marcopolo fez modificações no projeto das poltronas, que ganharam uma nova estrutura e desenho ergonômico, otimizando o espaço para as pernas. Também foi adotada uma nova forma de distribuição das composições das espumas do assento e do encosto para oferecer ainda mais conforto e acolhimento. Outro ponto pensado foi o sistema de reclinação, que conta com acionamento mais fácil e suave, permitindo inúmeras posições de acordo com o biotipo do usuário.

Os ônibus ficaram mais sustentáveis também. A Marcopolo informou que reduziu a utilização de fibra de vidro em 80% no novo projeto, substituindo por polímeros especiais aplicados na fabricação dos para-choques, da grade dianteira e da tampa traseira. O resultado foi a obtenção de peças mais leves e mais resistentes, com maior flexibilidade para absorção de impactos e para que possam ser recicladas com facilidade.

Biossegurança

A Geração 8 vai seguir contando com a Marcopolo Biosafe, uma plataforma concebida para tornar o transporte coletivo mais seguro contra contaminações de vírus e bactérias e que reúne soluções focadas em biossegurança. Itens como desinfecção do sanitário e ar-condicionado por meio de luz UV-C, cortinas e capas antimicrobianas, layout 1x1x1 e dispensers de álcool em gel seguem disponíveis.

O novo sanitário foi projetado para criar um ambiente mais confortável e ergonômico, com a instalação de apoios no interior para auxiliar o passageiro e dar segurança durante o uso do sanitário. O interior é climatizado com ar-condicionado, conta com porta plana com sistema de fechamento automático e descarga com sistema Ecoflush, com a opção de sucção a vácuo, como a adotada em aviões para melhor eficiência e eliminação de possíveis odores. Além disso, tanto a tampa do vaso como os pega-mãos contam com aditivos antimicrobianos na sua composição.

Melhorias para o motorista

Entre os estudos realizados pela Marcopolo no desenvolvimento da Geração 8, a ergonomia da cabine do motorista foi um dos pontos que recebeu mais atenção, com a adoção de um novo padrão em revestimento interno, com peças injetadas para melhor acabamento, resistência e beleza, e acabamentos “soft touch” para sofisticação e redução de ruídos internos.

O espaço conta com novo design de alto-falantes, posicionados na parte superior, iluminação indireta em fibra ótica, que permite o controle do grau de luminosidade sem prejudicar a segurança ao dirigir. A poltrona do motorista foi desenvolvida com conceito Ergodesign e desenho em formato de concha para maior conforto e ergonomia do motorista. Possui ainda revestimento em Neoprene na região do pescoço para se moldar ao biotipo de cada profissional.

Leo Doca – Agência Transporta Brasil (ATB)
leodoca@transportabrasil.com.br

+ Saiba tudo do mundo do transporte rodoviário. Curta nossa página no Facebook!
Agência Transporta Brasil – ATB

COMMENTS