Mais 16 rodovias federais devem ser incluídas no pacote de privatizações

Meta do Ministério do Planejamento faz parte do Plano de Investimento em Logística

Grupo Efacec investirá R$ 50 mi em fábrica de transformadores no Brasil
Nordeste poderá ter ferrovia de 2.500 quilômetros
Saiba como comprar caminhão usado de qualidade

br-163-obras

O governo federal anunciou que pretende incluir no pacote de privatizações mais 16 rodovias federais. A meta anunciada pelo Ministério do Planejamento durante apresentação de balanço do PAC Programa de Aceleração do Crescimento faz parte do Plano de Investimento em Logística.

“Entre 1995 e 2002, foram concedidos 1.316 km em seis rodovias. Entre 2003 e 2010, foram 3.305 km em oito ferrovias. E entre 2011 e 2014 (metade do tempo dos dois períodos anteriores), foram 5.350 km em sete rodovias. Isso mostra o quanto é possível avançar de forma mais ambiciosa que a etapa anterior”, disse Maurício Muniz, secretário do PAC.

Cerca de 300 estudos referentes aos leilões já foram autorizados e abrangem 11 rodovias. Só neste ano devem ser realizados cinco leilões de estradas.

O projeto mais avançado é o BR 476-153-282-480, entre Paraná e Santa Catarina, cujo edital aguarda aprovação do TCU.

Há estudos para a BR 364-365, entre Goiás e Minas Gerais, e para a BR 364-060, em Goiás, cuja consulta pública foi informada pela Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), no Diário Oficial da União de hoje. O último trecho fica no Pará, na BR-163, e deve entrar em consulta pública em breve.

No caso da concessão da BR 364/060/MT/GO, do trecho da BR-364 que vai do entroncamento com a BR 163(A), em Rondonópolis, até o entroncamento com a BR-060(A), em Jataí, e do trecho da BR-060 que vai do entroncamento com a BR-364, em Jataí, até Goiânia, o projeto abrange 15 municípios de Mato Grosso e Goiás e terá sete praças de pedágios.

Os investimentos previstos são de R$ 5,6 bilhões. Em cinco anos devem ser duplicados 362 quilômetros.

Com informações do R7

COMMENTS