BTP dá início a novo serviço entre América do Sul e portos europeus

Navio Maersk Lanco atracou no berço do terminal, no dia 17/8, vindo do sul do continente americano tendo como destino portos europeus

BTP inicia obras na Avenida Perimetral da Alemoa, em Santos (SP)
BTP recebe declaração de alfandegamento para a fase 2 de seu Terminal
BTP inaugura terminal multiuso à margem direita do Porto de Santos (SP)

btp-terminal-portuarioA BTP (Brasil Terminal Portuário) iniciou o serviço Samba com a chegada do primeiro navio neste domingo (17/8), no Porto de Santos (SP).

Essa operação interliga portos sul-ameircanos com unidades portuárias europeias e contempla duas escalas semanais, uma cumprindo a rota Sul e outra a rota Norte.

O navio Maersk Lanco atracou no berço do terminal, vindo do sul do continente americano tendo como destino portos europeus. Estima-se o embarque de 1.400 unidades de contêineres.

A homologação das novas profundidades do canal de navegação do Porto de Santos foi o ponto decisivo para o recebimento da embarcação. A nova configuração do trecho 4 do canal, onde o terminal da BTP está localizado, apresenta desde o início de julho calado operacional de 12,6 metros, possibilitando o recebimento de navios maiores, com capacidade média de 7.000 mil TEUs.

“A nova profundidade autorizada impacta positivamente e reestabelece maior isonomia competitiva entre os terminais instalados no Porto”, comenta o diretor-presidente da BTP, Henry Robinson.
Os berços do terminal também já estão preparados para atracações de navios de maior porte, com calados operacionais homologados entre 12,8 e 12,9 metros.

Agora, a expectativa da BTP é de que as obras de dragagem de manutenção, a cargo da SEP (Secretaria Especial de Portos), resultem em profundidades de 13,2 metros em curto prazo até alcançar patamares entre 15,4 e 15,7 metros em toda a extensão do canal do Porto, possibilitando assim o recebimento de navios com capacidade superior a 9.000 TEUs.

COMMENTS