Caminhão não precisa de “terceira placa”, diz associação

Caminhão não precisa de “terceira placa”, diz associação

Associação Nacional das Empresas de Transporte e Logística alerta transportadores de todo o Brasil sobre a não obrigatoriedade do uso do sistema auxiliar de identificação veicular, conhecido como “terceira placa”. Apesar de regra estar suspensa, comerciantes insistem em oferecer o produto a caminhoneiros e empresas

Banco Mercedes-Benz cresce 29% e bate recorde em abril
Brasil já emplacou 46.867 caminhões em 2019
Gaúcha Dalla Valle Transportes celebra meio século de história

Um comunicado da associação que representa as empresas de transporte de cargas e logística de todo o Brasil, a NTC&Logística, alerta os transportadores sobre o fato de a Resolução nº 370 do Contran ainda estar suspensa e, portanto, não haver qualquer obrigatoriedade de os caminhoneiros, empresários ou frotistas comprarem e aplicarem a película amarela com os dados da placa do caminhão, o sistema auxiliar de identificação veicular, ou, simplesmente, “terceira placa”.

A associação lembra que uma deliberação do próprio Conselho Nacional de Trânsito datada de outubro de 2011 suspende os efeitos da Resolução que cria a nova regra. “No momento, o assunto continua em estudo naquele órgão e não há qualquer data definida para a entrada em vigor do dispositivo”, diz a nota divulgada pela entidade.

ENTENDA O CASO:

  • A Resolução CONTRAN nº 370, de 10/12/2010, criou o “Sistema Auxiliar de Identificação Veicular”, a ser implantado na parte traseira dos veículos automotores de transporte de carga, reboques e semirreboques com PBT superior a 4536 Kg.
  • Desde Jan/2011, a NTC&Logística, que sempre se posicionou contrária a esse dispositivo, tendo sido voto vencido nas deliberações a respeito no âmbito do CONTRAN, encaminhou expediente e passou a desenvolver gestões junto ao Ministério das Cidades para que o assunto fosse reexaminado.
  • Em 21/06/2011, nova Resolução CONTRAN (nº 387) modificou a Resolução nº 370/2010, determinando que a “Terceira Placa” somente seria aplicável a veículos novos, fabricados e licenciados a partir de janeiro de 2012.  Também alterou o calendário para entrada em vigor da “Terceira Placa”, cuja obrigatoriedade passaria a ser exigida a partir de 01/09/2012.
  • Em 18/10/2011, atendendo aos anseios da NTC & Logística, foi publicada  a Deliberação CONTRAN – 116, que suspendeu os efeitos da Resolução 370/ 2010, situação que perdura até a presente data, o que desobriga o uso da “Terceira Placa” nos veículos de carga.

COMMENTS