Morre o fundador da JSL

Morre o fundador da JSL

Julio Simões, que fundou um dos maiores grupos do transporte e da logística do Brasil em 1956, faleceu de complicações cardiorrespiratórias na madrugada desta quinta, 8 de março

Demanda doméstica do transporte aéreo completa 10 meses consecutivos de crescimento
Supricel Logística compra 143 caminhões Volvo
SP cancela reajuste dos pedágios, mas vai cobrar por eixo suspenso

Julio Simões, o fundador da JSL, um dos maiores grupos empresariais do transporte e da logística no Brasil, faleceu na madrugada desta quinta-feira, 8 de março, na cidade de Mogi das Cruzes, em São Paulo, aos 84 anos, vítima de complicações cardiorrespiratórias. Deixou esposa e cinco filhos e netos.

Pai de Fernando Simões, atual diretor-presidente da empresa, o Sr. Julio chegou ao Brasil, vindo de Portugal, em 1952, e estabeleceu sua vida em Mogi, trabalhando como mecânico, primeiro para a família, depois para uma empresa de ônibus.

Pouco tempo depois, o empreendedor foi trabalhar como caminhoneiro autônomo no transporte de hortifrutigranjeiros de Mogi das Cruzes para o Rio de Janeiro. Em 1956, fundou a Transportadora Julio Simões, empresa que viu prosperar e se transformar em uma das maiores do País.

Hoje, a empresa, que mudou de nome para JSL, especializou-se em diversos segmentos do transporte e da logística e conta com 18 mil colaboradores em todo o Brasil e em quatro países da América Latina. A frota da empresa tem, segundo a JSL, 31,4 mil ativos, entre veículos leves, caminhões, carretas, ônibus, máquinas e equipamentos.

Hoje, a companhia que fundou possui cerca de 18 mil colaboradores em todo o Brasil e em quatro países da América Latina e conta com uma frota de 31,4 mil ativos (entre veículos leves, caminhões, carretas, ônibus, máquinas e equipamentos). Julio Simões tinha 84 anos e deixa esposa, cinco filhos e netos.

O Portal Transporta Brasil lamenta a perda de um dos maiores empreendedores do transporte e da logística de nosso tempo

COMMENTS