Standard acelera movimentação no EADI de Bauru (SP) e se prepara para ampliar produtividade

Porto seco já passa por processo de ampliação enquanto companhia estuda possibilidade de integração com modal ferroviário

GM investe R$ 710 mi em nova fábrica em SC
Rumo Logística recebe aporte de 1 bilhão de reais para expansão e espera outros 10 bilhões de reais
Iniciam obras de terraplenagem para 5ª faixa da Rodovia dos Imigrantes em São Paulo

Após seis meses gerenciando a EADI (Estação Aduaneira do Interior), em Bauru (SP), a empresa logística Standard registrou aumento no desempenho de movimentação de cargas do terminal, sendo 35% em toneladas e 40% de contêineres. Além do acúmulo, a empresa também conquistou 20 novos clientes, totalizando 80.

Atualmente, está sendo investido na infraestrutura das instalações do porto seco, com o intuito de ampliar a produtividade. Para obter melhor aproveitamento, o armazém da unidade será verticalizado e já passou por ampliação. A Standard também estuda a possibilidade de investir em um depot para contêineres vazios.

A empresa também está focada em retomar as atividades ferroviárias em Bauru ainda no primeiro semestre de 2011. Utilizando a malha férrea já existente, será possível atender o fluxo de importação e exportação para o Porto de Santos fazendo interligação com as atividades rodoviárias.

“Nestes meses de gestão procuramos dar foco aos clientes, buscando atender suas necessidades com o menor custo possível. Fizemos um trabalho de divulgação das vantagens da zona secundária às empresas, e esta estratégia nos fez crescer em movimentação. A expectativa para 2011 é muito positiva, pois projetos como o depot de contêineres e o Terminal Ferroviário tendem a alavancar muitos negócios e otimizar a logística da região”, afirma o gerente da EADI Bauru, Marcelo Ouriques.

A EADI Bauru conta com uma área alfandegada de 72.600m², sendo 3.200m² para armazenagem e 15.000m² de pátio pavimentado.

COMMENTS