Estado reduz alíquota Super Simples

O benefício é direcionado a microempresas e empresas de pequeno porte cujo faturamento atinge até R$ 1,8 milhão anualmente

Estudo vai traçar alternativas para ferrovia
Comissão aprova ampliação de beneficiadas pelo Supersimples
Previ vende operação do Porto de Antonina

Cerca de 70 mil empresas de Mato Grosso optantes pelo Super Simples, serão beneficiadas a partir de 1º de janeiro com a redução progressiva da alíquota de Imposto sobre Circulação de Mercadorias (ICMS) que em 2014 será de 3%.

No primeiro ano de vigência, 2010, a alíquota deixa os atuais 11% para 9%. O regime tributário que simplifica o recolhimento de impostos chegará a 2011 com alíquota de 7,5%, para 2012 as empresas recolherão 6% e em 2013 a 4,5%.

O benefício é direcionado a microempresas e empresas de pequeno porte cujo faturamento atinge até R$ 1,8 milhão anualmente. O decreto foi assinado na última sexta-feira, pelo governador Blairo Maggi, durante jantar organizado por federações representantivas do comércio e da indústria (Fecomércio, FCDL, Facmat e Fiemt).

O vice-presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL), Paulo Gasparotto, resumiu em alguns dados o impacto da redução da alíquota do ICMS para empresas do Super Simples. “A assinatura deste decreto resgatou a dignidade de aproximadamente 100 mil microempreendedores no Estado. É uma luta antiga, reivindicação justa de diminuição da carga tributária”, afirma.

Veja matéria original

COMMENTS