Impostômetro registra arrecadação de tributos desse ano praticamente igual à de 2008

Painel mostra arrecadação semelhante à de 2008, ao contrário do que os especialistas previam

Brasileiro fecha 2016 gastando mais de R$ 2 trilhões com impostos
Dilma sanciona lei que beneficia caminhoneiros e retira transportadoras da desoneração da folha
Governo faz corte no Imposto de Renda dos caminhoneiros autônomos

O Impostômetro, painel eletrônico que marca quanto o brasileiro paga de tributos à União, estados e municípios, atingiu a marga de R$ 700 bilhões nessa sexta-feira. Segundo Gilberto Luiz do Amaral, presidente do Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), esse valor foi atingido no dia 4 de setembro, apenas um dia depois do que em 2008. “Ao contrário do que era previsto, a arrecadação de 2009 está praticamente igual a de 2008, com 0,27% a menos em termos nominais, sem descontar a inflação, que a do último ano”, diz.

A arrecadação destinada ao Instituto Nacional de Seguro Social – INSS e ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço – FGTS cresceu, apesar da leve queda da arrecadação de tributos federais. “Além disso, a arrecadação dos estados e municípios, sem descontar a inflação, tem se mantido, apesar de que em termos reais, com desconto da inflação, houve queda de aproximadamente 5%””, conta Amaral.

O Impostômetro encontra-se no prédio da Associação Comercial de São Paulo – ACSP, à Rua Boa Vista, 51, e é atualizado segundo a segundo de acordo com cálculos realizados pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário – IBPT.

Por: Bruno Martins – Redação Portal Transporta Brasil

COMMENTS