Trens de grande velocidade poderão reduzir tráfego aéreo no país, diz ministro

Segundo Nascimento, com esse tipo de transporte, o tráfego aéreo pode ser reduzido em até 70%

Aviação regional ganha mais uma concorrente
Indústria de SC busca saídas
Expresso Araçatuba reduz custos com uma nova rota na Bolívia

(O ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, disse hoje (9) que a implantação de trens de grande velocidade poderá levar a uma redução do tráfego aéreo no país. “Se você faz um trem de grande velocidade entre o Rio de Janeiro e São Paulo, você diminui substancialmente o volume de tráfego aéreo nos principais aeroportos”.

Segundo Nascimento, há um projeto para a construção de trens de grande velocidade entre Campinas, São Paulo e o Rio de Janeiro. Ele afirmou que com esse tipo de transporte, o tráfego aéreo pode ser reduzido em até 70%.

O ministro dos Transportes lembrou que o sistema de veículo leve sobre trilhos, o VLT, pode reduzir o tráfego no centro das cidades. Acrescentou que em Brasília, onde será implantado o primeiro VLT, devem ser retirados entre 600 e 800 ônibus da região central.

Alfredo Nascimento fez a afirmação após a abertura do seminário Transporte e Inovação – A Experiência Francesa, no Centro de Convenções Brasil 21. (Roberta Lopes-Repórter da Agência Brasil)

Veja matéria original

COMMENTS