Chinesa compra a Kasinski Motos e quer 5% do mercado

O valor da transação não foi divulgado, mas, segundo a empresa, o montante está inserido no plano de US$ 80 milhões de investimentos previstos para o Brasil

Brasil ganha destaque em máquinas pesadas
Airbus anuncia venda de fábrica na Alemanha
Ford dá férias coletivas para 800 trabalhadores em São Bernardo do Campo

Pouco mais de três meses depois de chegar ao Brasil, a fabricante de motocicletas CR Zongsheng anunciou a aquisição da montadora Kasinski. O valor da transação não foi divulgado, mas, segundo a empresa, o montante está inserido no plano de US$ 80 milhões de investimentos previstos para o Brasil. A projeção é que a nova empresa garanta 5% de participação no mercado nacional dentro de três anos, segundo o presidente da CR Zongsheng, Cláudio Rosa.

“Com a Kasinski esse plano ficou muito mais fácil de ser atingido, já que teremos toda a estrutura já montada”, disse o executivo. A estratégia será a de manter a marca Kasinski, mesmo depois que a planta em Manaus da CR Zongsheg – que possui metade de capital brasileiro e a outra metade chinesa – esteja operando, em outubro. Além disso, com objetivo de atingir o market share almejado, Rosa não descartou novas aquisições no País. “A Zongsheng tem um grande planejamento de expansão global e um dos pilares está no Brasil. Nós temos interesse se houver possibilidades. Estamos na ponta compradora”, afirmou.

Hoje, a Kasinski, instalada na Zona Franca de Manaus, tem capacidade produtiva de 20 mil motos anualmente, enquanto a nova fábrica da companhia terá capacidade para 90 mil ao ano. “A decisão futura deverá ser a de juntar as duas plantas. É o que me parece mais lógico”, disse Rosa.

O executivo lembrou que a aquisição também permitirá que a CR Zongsheng participe em segmentos diferentes de mercado. A fabricante chinesa entrará no mercado com modelos de até 150 cilindradas, mas com a compra da Kasinski a montadora terá em seu portfólio motocicletas de até 650 cilindradas.

Claudio Rosa também afirmou que os 150 funcionários da Kasinski serão aproveitados pela fabricante e a expectativa é que outros 100 sejam contratados para completar a equipe.

Nova empresa

A CR Zongshen do Brasil foi criada após parceria entre o executivo Cláudio Rosa Junior, fundador da Sundown Motos, da qual se desligou no ano passado, e o gigante chinês Zongshen Industrie Group. A companhia já iniciou a construção de sua planta em de um terreno de 100 mil metros quadrados no Distrito II do Pólo Industrial de Manaus (AM).

Na China, o Grupo Zongshen fabrica anualmente dois milhões de motocicletas, quatro milhões de motores de motocicletas, 50 mil mini vans, 100 mil motores de automóveis, além de produção própria de chassis, tanques de combustível, escapamentos e injeção própria de peças plásticas para motocicletas. Produz também cinco milhões de máquinas para diversas aplicações, como geradores, motores estacionários e motores de popa.

Kasinski

A montadora de motocicletas foi fundada em 1999 por Abraham Kasinski, a mesma pessoa que em 1951 fundou a fabricante de autopeças Cofap. No início dos anos 90, a empresa era a maior da América Latina de autopeças, com faturamento anual que chegou a US$ 1 bilhão. Em 1997, o empresário não vendeu a sua participação acionária por US$ 25 milhões.

Na época da criação da Kasinski, depois do empresário ter desistido da aposentadoria, poucas pessoas acreditaram que a Kasinski conseguiria concorrer com fabricantes como Honda e Yamaha. A montadora, por outro ladi, chegou a alcançar 2% do market share, mas foi espremida quando o mercado brasileiro começou a receber novas montadoras, principalmente as asiáticas, mesma nacionalidade que a marca que a adquiriu. (Fernanda Guimarães – DCI)

Veja matéria original

COMMENTS