Rodovias federais começam a ser liberadas

Continuam interditados trechos na BR-101 e BR-470

Carteiras de leasing e CDC crescem 20,7%
Iveco recebe prêmio TopLog Marcas Líderes
Ford utilizará crédito de ICMS para expandir fábrica

O tráfego nas rodovias federais em Santa Catarina começa, aos poucos, a ser liberado para veículos em alguns pontos que estavam interditados.

Desde a noite de terça-feira, dois trechos foram liberados: no quilômetro 13 da BR-101, em Garuva, no Norte do Estado, e na BR-376, no Paraná, na divisa com Santa Catarina. Nos dois locais, a rodovia é duplicada. Uma das pistas segue interditada e, na outra, o tráfego é liberado em uma faixa para cada sentido.

No km 113 da BR-101, na ponte de Navegantes, o tráfego estava em meia-pista porque havia água sobre a rodovia, mas também já foi completamente liberado.

Nas rodovias federais, duas estradas continuam com o tráfego completamente interditado em três pontos: um na BR-101 e dois na BR-470.

Em Palhoça, na Grande Florianópolis, as equipes continuam o trabalho para retirar a barreira que caiu no km 235 da BR-101, no Morro dos Cavalos. A pista está interditada nos dois sentidos desde a noite de sábado e há um desvio pela Enseada do Brito que pode ser usado por veículos pequenos.

Outra rodovia federal fechada para o fluxo de veículos é a BR-470, nos kms 41 e 44, em Gaspar. O acesso pode ser feito pela rodovia SC-470 (Jorge Lacerda) no km 37, somente para veículos leves.

Interdições parciais

No Morro do Boi, em Balneário Camboriú, está sendo feita a remoção de barreiras e o tráfego segue em uma pista no sentido Norte-Sul da BR-101. O trabalho deve seguir durante todo o dia.

No km 14,9 da BR-470, em Navegantes, o trânsito está em meia-pista devido a queda de barreira. Entre os kms 45 e 51,8, em Gaspar, há outros quatro pontos parcialmente interditados devido a deslizamentos ou porque a pista cedeu.

O tráfego também está em meia-pista no km 87 da BR-470, em Rodeio. O km 63, entre Indaial e Blumenau, está na mesma situação. Nos dois locais a pista cedeu e há risco de interdição total, segundo a Polícia Rodoviária Federal.

A BR-282 está com o tráfego em meia-pista em quatro pontos, três em Águas Mornas e um em Rancho Queimado.

No km 31, em Águas Mornas, parte da pista cedeu e o trânsito está em meia-pista para veículos com menos de 20 toneladas. Funcionário do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit) colocaram cascalho no local e pretendem bloquear a pista para derrubar árvores e colocar terra para que os veículos passem mais longe do buraco. Mas, como o tempo está instável, eles não sabem quando começarão a obra e por quanto tempo a rodovia ficará interditada.

Nos kms 33 e 34,7, em Águas Mornas, o trânsito também está em meia-pista. No km 69,7, em Rancho Queimado, uma das três pistas do local está interditada. Técnicos do Dnit estão na BR-282, onde fazem um levantamento da situação, e funcionários contratados trabalham na limpeza da pista.

Link para a matéria

COMMENTS