Aspen Combustíveis investe no atendimento a varejistas

No ano passado, a empresa começou a fornecer combustíveis e serviços à rede de postos do grupo Pão de Açúcar e está em negociações com Makro e Carrefour

Petrobras é a quarta maior empresa do continente
Nova lei regulamenta comercialização e transporte do gás natural no país
TCE vê irregularidade em contrato Metrô-Alstom

De olho no aumento do interesse das redes de comércio de alimentos pelo setor de combustíveis, algumas distribuidoras correm para se especializar no atendimento a estas companhias. A Aspen Combustíveis é uma delas. No ano passado, a empresa começou a fornecer combustíveis e serviços à rede de postos do grupo Pão de Açúcar e está em negociações com Makro e Carrefour, outras duas gigantes do mercado interessadas em expandir a área de atuação no setor de combustíveis.

Atualmente a Aspen fornece 15% de todo o combustível comprado pelo grupo Pão de Açúcar e espera aumentar suas vendas para a varejista assumindo o papel de consultoria. “Nós fornecemos o combustível e suporte logístico, além de realizar estudo de mercado para as empresas”, afirma Wonei Nardari, diretor comercial da Aspen.

Ele conta que a Aspen planeja investir neste ano cerca de R$ 1,4 milhão em treinamentos para os funcionários de postos de seus clientes. Com estas ações, a Aspen espera se especializar no atendimento às redes do comércio e sonha em tirar mais espaço de gigantes como BR Distribuidora e Ipiranga, que estão entre as principais fornecedoras de combustíveis das redes de postos dos varejistas de alimentos. “A venda de combustíveis não é o principal negócio destas redes portanto elas precisam de alguém que as orientem”, diz Nardari.

O executivo afirma que a Aspen disponibiliza aos seus clientes um profissional especializado em química que roda os postos fazendo demonstrações da qualidade dos combustíveis aos consumidores finais. O grupo Pão de Açúcar conta com 80 postos de combustíveis. Recentemente a companhia comprou seis pontos-de-venda da Repsol e estuda novas aquisições. A empresa quer fortalecer sua posição em postos de rua, ou seja, fora dos terrenos dos hipermercados.

Outro gigante do comércio que anunciou planos ambiciosos na área de postos foi o Makro. O atacadista, que possui 26 pontos-de-venda de combustíveis, vai abrir sua primeira unidade desvinculada de loja este ano. Por enquanto, o Carrefour continua líder também em número de postos. O varejista conta com 100 unidades de venda de combustíveis. Além do interesse no atendimento aos líderes do comércio de alimentos, a Aspen, que faturou R$ 420 milhões em 2008, quer ampliar sua rede própria de combustíveis com investimento de R$ 20 milhões na abertura de nove unidades e na reforma de quatro pontos-de-venda.

Em 2009, a Aspen espera que as vendas de sua rede cresçam 5%. Com sede em Paulínia (SP), a empresa abastece postos nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná, Mato Grosso e Rio Grande do Sul.

COMMENTS