Aspen Combustíveis investe no atendimento a varejistas

No ano passado, a empresa começou a fornecer combustíveis e serviços à rede de postos do grupo Pão de Açúcar e está em negociações com Makro e Carrefour

Opep reduz oferta pelo sexto mês
Modelo de privatização de aeroportos deve ficar pronto em 2009, diz Jobim
ANTAQ prepara norma sobre trânsito seguro de produtos perigosos em instalações portuárias

De olho no aumento do interesse das redes de comércio de alimentos pelo setor de combustíveis, algumas distribuidoras correm para se especializar no atendimento a estas companhias. A Aspen Combustíveis é uma delas. No ano passado, a empresa começou a fornecer combustíveis e serviços à rede de postos do grupo Pão de Açúcar e está em negociações com Makro e Carrefour, outras duas gigantes do mercado interessadas em expandir a área de atuação no setor de combustíveis.

Atualmente a Aspen fornece 15% de todo o combustível comprado pelo grupo Pão de Açúcar e espera aumentar suas vendas para a varejista assumindo o papel de consultoria. “Nós fornecemos o combustível e suporte logístico, além de realizar estudo de mercado para as empresas”, afirma Wonei Nardari, diretor comercial da Aspen.

Ele conta que a Aspen planeja investir neste ano cerca de R$ 1,4 milhão em treinamentos para os funcionários de postos de seus clientes. Com estas ações, a Aspen espera se especializar no atendimento às redes do comércio e sonha em tirar mais espaço de gigantes como BR Distribuidora e Ipiranga, que estão entre as principais fornecedoras de combustíveis das redes de postos dos varejistas de alimentos. “A venda de combustíveis não é o principal negócio destas redes portanto elas precisam de alguém que as orientem”, diz Nardari.

O executivo afirma que a Aspen disponibiliza aos seus clientes um profissional especializado em química que roda os postos fazendo demonstrações da qualidade dos combustíveis aos consumidores finais. O grupo Pão de Açúcar conta com 80 postos de combustíveis. Recentemente a companhia comprou seis pontos-de-venda da Repsol e estuda novas aquisições. A empresa quer fortalecer sua posição em postos de rua, ou seja, fora dos terrenos dos hipermercados.

Outro gigante do comércio que anunciou planos ambiciosos na área de postos foi o Makro. O atacadista, que possui 26 pontos-de-venda de combustíveis, vai abrir sua primeira unidade desvinculada de loja este ano. Por enquanto, o Carrefour continua líder também em número de postos. O varejista conta com 100 unidades de venda de combustíveis. Além do interesse no atendimento aos líderes do comércio de alimentos, a Aspen, que faturou R$ 420 milhões em 2008, quer ampliar sua rede própria de combustíveis com investimento de R$ 20 milhões na abertura de nove unidades e na reforma de quatro pontos-de-venda.

Em 2009, a Aspen espera que as vendas de sua rede cresçam 5%. Com sede em Paulínia (SP), a empresa abastece postos nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná, Mato Grosso e Rio Grande do Sul.

COMMENTS