ANAC autoriza o retorno das operações da NHR Táxi-Aéreo após aumento de segurança

A empresa estava proibida de voar desde o dia 8 de novembro quando a ANAC suspendeu o Certificado de Homologação de Empresa de Transporte Aéreo (CHETA) por conta de irregularidades que comprometiam a segurança operacional

Escoamento de carga terá novo trecho até Paranaguá
Brasil começa a liberar cargas
Venda de caminhão cresce com o País

A Agência Nacional de Aviação Civil – ANAC autorizou o retorno das operações da empresa NHR Táxi-Aéreo Ltda, de Sorocaba (SP). A empresa estava proibida de voar desde o dia 8 de novembro quando a ANAC suspendeu o Certificado de Homologação de Empresa de Transporte Aéreo (CHETA) por conta de irregularidades que comprometiam a segurança operacional. Na sexta-feira (28/11), após comprovar ter readquirido as condições de segurança exigidas pela ANAC, a empresa obteve a revogação da suspensão do CHETA.

Para poder voltar a operar a empresa implementou um Plano de Ações Corretivas (PAC), aprovado pela Agência. Durante três dias a ANAC esteve no Centro de Operações e Manutenção da NHR, em Sorocaba, realizando auditoria. A inspeção verificou que a empresa aérea adotou as correções propostas e treinou todos os seus funcionários para operar dentro das regras e condição de segurança de aviação civil.

Entre as medidas adotadas pela NHR está a contratação de um engenheiro para acompanhar a área de manutenção da empresa. Além de outras medidas, uma muito importante foi adotar um projeto de reciclagem periódica no treinamento de pilotos, mecânicos e pessoal da administração. A ANAC também determinou que a NHR envie semanalmente um relatório informando todas as operações realizadas, entre elas, rotas, horas de vôo, manutenções e jornada da tripulação.

COMMENTS