Rodovia Raposo Tavares terá investimentos de R$ 100 milhões para melhorias

Obras de recuperação da pista e construção de passarelas, entre São Paulo e Cotia, agregam o pacote de serviços que serão realizados na SP-270

Caminhão terá isenção total no IPI durante todo ano de 2013
Santos Brasil implanta Sistema de Agendamento Ferroviário em Tecon paulista
Licitação da Ferroeste para aquisição de 500 vagões dá otimismo ao setor privado

A rodovia Raposo Tavares (SP-270) receberá mais de R$ 100 milhões em obras de melhorias em 24,2 quilômetros de pista. O conjunto de obras, dividido em três etapas, contempla serviços como recuperação da pista, instalação de passarelas e iluminação, áreas de aceleração e desaceleração, pontos de ônibus, dispositivos, melhorias de acessos aos bairros, retificação de curvas, execução de muros de contenção, alças de acesso, pintura e tratamento de obras de arte e instalação de câmeras de monitoramento ao longo do trecho entre os municípios de São Paulo, Osasco e Cotia.

O Departamento de Estrada de Rodagem – DER, vinculado à Secretaria de Estado dos Transportes, dá início aos primeiros trabalhos na SP-270. Ao custo de R$ 26,7 milhões, a empresa Ferreira Guedes começa a mobilização para a execução de serviços em pontos localizados como a implantação de baias de ônibus, adequações geométricas de acessos, obras de contenção e implantação e adequação de passarelas entre os km 9,8 e 34. A estimativa é de que os serviços sejam concluídos em julho de 2009.

No mesmo trecho, a empresa Soebe, vencedora da licitação, inicia os trabalhos de complementação do dispositivo de acesso do km 15, implantação de elementos de segurança nas passarelas existentes e correções geométricas de entroncamentos com vias urbanas. Esse conjunto de obras, com investimento de R$ 14,4 milhões, devem ser finalizadas em junho do próximo ano.

Já a terceira etapa da obra, prevista para iniciar em 2009, está estimada em R$ 72 milhões, prevê o recapeamento da pista e dos acessos e retornos entre os km 9,8 e 30,6, construção de dispositivos de segurança como passarela, alargamento da ponte sobre o rio Cotia para implantação de pista de desaceleração à estrada municipal Fernando Nobre com passeio para pedestres, além de retificação de curvas ao longo do trecho.

Com a realização das obras, o DER pretende melhorar as condições de segurança dos usuários e pedestres que circulam pela região, garantindo maior fluidez ao tráfego de veículos e proporcionando aos pedestres opções seguras de travessias.

COMMENTS