Anfavea aponta redução no ritmo de vendas de veículos em agosto

O ritmo de venda de veículos novos nacionais e importados diminuiu em agosto, embora a comercialização no mercado interno tenha crescido 4% em comparação ao mesmo mês do ano passado

GOL perde R$ 48 milhões com operações de hedge
Makro investe em mais postos de combustíveis
Reajuste de querosene não será repassado

O ritmo de venda de veículos novos nacionais e importados diminuiu em agosto, embora a comercialização no mercado interno tenha crescido 4% em comparação ao mesmo mês do ano passado, somando 244.771 unidades vendidas.

No acumulado do ano, o resultado é 26,4% superior ao período de janeiro a agosto de 2007, e ante julho passado os negócios tiveram retração de 15,1%.

Segundo o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Jackson Schneider, a indústria automobilística, que vinha crescendo em média 20% na comparação anual, agora “mostra uma clara reestruturação”, devendo continuar a crescer, mas de forma cadenciada ou em volumes menores do que nos últimos anos.

Ele atribui essa mudança, em parte, aos efeitos do aumento da Taxa Básica de Juros, Selic, sobre os custos dos empréstimos. Há também, segundo Schneider, uma acomodação do mercado.

“Tínhamos uma demanda reprimida que já não está tão presente”, justificou.
Para o fechamento do ano, Schneider mantém a meta de um crescimento de 24,2% nas vendas. (Marli Moreira – Repórter da Agência Brasil)

Link para a matéria

COMMENTS